PUBLICIDADE
Fortaleza
Noticia

Polícia prende motorista de aplicativo suspeito de latrocínio no Jóquei Clube

Natanael de Sousa Lima acusado de matar Denis Pires do Nascimento, 25 anos, no último dia 4 de janeiro, em uma praça no bairro Jóquei Clube, na Capital

16:00 | 23/01/2020
Durante as apurações, o DHPP utilizou a tecnologia do Sistema Policial Indicativo de Abordagem (Spia) para localizar o veículo do suspeito.
Durante as apurações, o DHPP utilizou a tecnologia do Sistema Policial Indicativo de Abordagem (Spia) para localizar o veículo do suspeito. (Foto: Jullie Vieira / O POVO)

A Polícia Civil do Ceará (PCCE) prendeu nessa quarta-feira, 22, no bairro Jardim Cearense, em Fortaleza, um motorista de aplicativo suspeito de cometer latrocínio (roubo seguido de morte). Natanael de Sousa Lima, que foi preso em casa, é acusado de matar Denis Pires do Nascimento, 25 anos, no último dia 4 de janeiro, em uma praça no bairro Jóquei Clube, na Capital.

De acordo com as investigações, a vítima estava na companhia de amigos em um momento de lazer, quando um veículo se aproximou do local. Natanael desceu do carro e foi em direção a Denis, anunciando o assalto. A vítima correu, mas acabou sendo baleada na cabeça. Denis não tinha antecedentes criminais.

O criminoso fugiu do local no veículo e no dia seguinte realizou assaltos no município de Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). A Polícia identificou que Natanael utiliza o veículo há cerca de um ano para cometer delitos. O homem tem passagens pelos crimes de porte ilegal de arma e receptação.

No dia em que cometeu o crime, Natanael estava acompanhado de outras duas pessoas que também foram identificadas pela Polícia, mas não tiveram as identidades reveladas para preservar as investigações.

Na prisão do motorista de aplicativo, os policiais encontraram um aparelho celular que continha informações das ações que o homem cometia. A Polícia descarta que o criminoso conhecia a vítima.