PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Ginásio Aécio de Borba será reformado e terá formato poliesportivo

O Ginásio Aécio de Borba foi inaugurado em 17 de outubro de 1982 e já sediou diversas competições estaduais e nacionais, sendo reformado apenas uma vez. Com a reforma, ele passará a atender outros esportes

12:29 | 08/01/2020
O projeto prevê reforma das arquibancadas, pintura da quadra e área externa do ginásio, entre outras intervenções
O projeto prevê reforma das arquibancadas, pintura da quadra e área externa do ginásio, entre outras intervenções (Foto: Divulgação/PMF)

Na manhã desta quarta-feira, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, assinou ordem de serviço para obras de requalificação do Ginásio Aécio de Borba, no bairro Benfica, na Regional IV. Com investimento de R$ 1,7 milhão, as obras devem começar na sexta-feira, 10, contemplando a reforma das arquibancadas, pintura da quadra e área externa do ginásio, além da manutenção da estrutura metálica da coberta e de outros elementos estruturais. A intervenção deve durar seis meses.

De acordo com o secretário municipal de Esporte e Lazer, Arquimedes Pinheiro, o equipamento passará a ser poliesportivo, atendendo a diversas modalidades esportivas. “A Prefeitura sabia que deveria fazer esse trabalho, e dialogando com as federações, a gente viu que dava certo colocar o Aécio de Borba com outras marcações para fortalecer as outras modalidades”, comenta o secretário.

Roberto Cláudio autoriza reforma do ginásio Aécio de Borba
Roberto Cláudio autoriza reforma do ginásio Aécio de Borba (Foto: Gabriela Feitosa/Especial para O POVO)

Com a intervenção, haverá a troca de todos os guarda-corpos e corrimãos, a substituição do cabeamento elétrico, assim como a implantação de novos alambrados, portões metálicos, portas, janelas, três novas cantinas, banheiros e vestiários. Também será incluído um novo sistema de vigilância com câmeras de videomonitoramento, um novo sistema de sonorização, sala de atendimento pré-hospitalar e nova iluminação LED.

Além da modernização do equipamento, o estádio será readequado conforme às normas do Corpo de Bombeiro e de acessibilidade, com espaços exclusivos destinados a pessoas com mobilidade reduzida e atenção especial aos cadeirantes. “Como se trata de um equipamento esportivo, a gente tem que garantir um espaço adequado, com acessibilidade e conforto, para que ela possa chegar, se sentar e assistir a esse jogo”, diz a secretária de infraestrutura de Fortaleza, Manuela Nogueira. Além da plataforma elevatória, o equipamento contará com rampas e assentos demarcados para esse público.

O prefeito Roberto Claudio assinou a ordem de serviço ao lado de vereadores, secretários das pastas de Esporte e Infraestrutura, ex jogadores de futsal e outros esportistas. Ele destacou a importância do ginásio para o futsal cearense e contou que costumava jogar no local quando adolescente. "Aqui, além de tudo, tem história. A gente vai fazer uma requalificação do projeto original. Uma estrutura nova e moderna", contou.

Para este ano, outros espaços esportivos, como estádios e Areninhas, estão com construção em planejamento. "O Valdir Bezerra na Lagoa Redonda já está em obra. Já está licitado para começar o Murilão, na Messejana. A gente já entregou o Antony Costa, no Antônio Bezerra. Já foram campos por onde o futebol cearense passou", disse. 

Durante a ocasião de assinatura da ordem de serviço, houve a entrega de recursos arrecadados pela Prefeitura durante evento de Artes Marciais, que aconteceu há alguns meses. Na ocasião, foram arrecadados donativos para entidades sociais de Fortaleza. A partir do projeto foram beneficiados as seguintes instituições:Cruz Vermelha, Lar Amigos de Jesus, Casa de Nazaré, Abrace, Abrigo São Lázaro, Abrigo da Estrela, e o Abrigo Anjo Sem Asas. Os alimentos foram entregues durante a solenidade desta manhã.

Projeto Atleta Cidadão

Também participando do evento, integrantes do projeto Atleta Cidadão estiveram presentes para acompanhar a cerimônia. O projeto atua em sete regionais de Fortaleza, atendendo a um público de pelo menos 9 mil pessoas, de 8 a 29 anos. São 120 núcleos que contemplam 18 modalidades, desde o futebol, o caratê e a capoeira, até o basquete, vôlei e badminton. De acordo com a coordenadora do Atleta Cidadão, Dyonnara Farias, o projeto já existe há cinco anos e meio, e a meta é que até julho deste ano o atendimento seja ampliado para cerca de 15 mil pessoas.

“Ainda é pouco para Fortaleza, mas dependendo da quantidade de equipamentos inaugurados a gente vai acomodar esse projeto em todos os lugares”, comenta Dyonnara. Segundo ela, o projeto Atleta Cidadão é uma iniciativa importante, porque tira as crianças da ociosidade, e as oferece uma ferramenta de lazer, oportunidade e de descoberta de talentos.

Projeto atende público de pelo menos 9 mil pessoas, de 8 a 29 anos
Projeto atende público de pelo menos 9 mil pessoas, de 8 a 29 anos (Foto: Gabriela Feitosa/Especial para O POVO)