PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Número de adolescentes assassinadas no Ceará cai mais de 50% em 2019 em comparação a 2018

De acordo com André Costa, titular da SSPDS, a maior redução de homicídios em 2019 aconteceu entre a população jovem, de 14 a 29 anos

14:22 | 07/01/2020

O número de adolescentes assassinadas em 2019 no Ceará caiu mais de 50% em relação ao ano anterior, de acordo com André Costa, titular da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Ele ainda apontou que a maior redução de homicídios em 2019 aconteceu entre a população jovem, de 14 a 29 anos. O número reduziu cerca de 70%, segundo o secretário.

André ainda assegurou que a secretaria tem uma atenção especial em relação a esses casos e as ações têm trazido uma melhoria de resultados para a população mais jovem do Estado. O órgão divulgou, na manhã desta terça-feira, 7, um balanço do número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) registrados no Ceará em 2019.

Em junho de 2019, O POVO teve acesso ao relatório do Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência de 2018, que apontou que o número de meninas assassinadas subiu de seis para 53 casos em apenas dois anos, desde 2016.

LEIA MAIS > Assassinatos de meninas em Fortaleza aumentaram 90,32% em 2018

Procurada pela reportagem na época, a SSPDS afirmou que o setor de estatística do órgão não conseguiu atender a demanda. Nesta terça-feira, 7, O POVO procurou novamente a secretaria para obter os dados citados pelo secretário de forma mais precisa, mas não obteve resposta até a publicação desta matéria.