PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Mães se organizam em grupos de WhatsApp para vender e trocar material escolar

Em Fortaleza, negociações pelo aplicativo de mensagens chegam a ter descontos de até 70%

14:56 | 07/01/2020
A designer gráfica Camila Régia, 33, organiza com outras 13 mães o grupo Mães Amigas.
A designer gráfica Camila Régia, 33, organiza com outras 13 mães o grupo Mães Amigas. (Foto: Thais Mesquita)

As despesas com a compra de material escolar neste período do ano podem pesar no bolso dos pais. É por isso que muitos têm optado por negociar em grupos de WhatsApp buscando melhores preços e comodidade na hora de comprar livros, mochilas e até fardamentos para seus filhos. Em Fortaleza, mães organizam as negociações pelo aplicativo de mensagens em grupos nos quais a economia pode chegar a 70%.

A designer gráfica Camila Régia, 33, administra com outras 13 mães o grupo Mães Amigas para troca e venda de materiais escolares, desde 2017. Ela conta que o grupo começou com pais da escola onde seus filhos estudam e acabou se expandido. “Os livreiros compram mais barato de mães e vendem para outras mais caro pois precisam lucrar. A nossa intenção não é revender. No grupo, as mães tem esse espaço para comprar diretamente”, afirma.

Hoje o Mães Amigas conta com 30 grupos no WhatsApp reunindo cerca de sete mil pais de pelo menos 12 escolas diferentes em Fortaleza. Os grupos se organizam de acordo com a série e a escola e têm regras de preços fixos para os materiais. Segundo Camila, além de livros didáticos e paradidáticos, é possível negociar a um preço melhor materiais como mochilas e fardamento. Na compra dos livros da filha, Camila economizou 70%, comprando todos usados por R$850, quando o preço normal ultrapassava R$ 2 mil.

A enfermeira neonatologista pediatra Luana Sales, 38, organiza o grupo Desapego Escolar Grupo Amamentando seu Bebê (Gamb). Ela trabalha com consultorias de saúde materna e infantil há 15 anos e notou que a busca pelo material escolar dos filhos era um problema em comum para as mães. "Mediante as necessidades que eu ia vendo, fui criando os grupos de desapego para ajudar a economizar dinheiro e a comprar com a mesma qualidade", explica.

Luana relata já ter economizado R$1 mil na compra de livros e mochila. "Os livros paradidáticos são em média R$ 50. Para o meu filho mais velho, compro oito paradidáticos. Nos grupos, cada um sai a R$15. A economia é enorme", diz. Além disso, por causa dos grupos, a mãe conheceu fabricantes do fardamento do colégio onde os filhos estudam e tem conseguido comprar as peças por até metade do preço original das lojas.

Economia e comodidade

Karine Damasceno, 39, passou a fazer parte dos grupos de venda e troca de materiais escolares neste ano. A administradora tem dois filhos que estão no sexto e terceiro ano do Ensino Fundamental. "As listas de livros didáticos e paradidáticos dos dois dava em torno de R$ 5 mil. Com a venda e troca nos grupos, economizei mais de R$ 1 mil", comenta.

Clique na imagem para abrir a galeria

Antes de negociar diretamente com outras mães no aplicativo de mensagens, Karine costumava ir à feira de livros no colégio de seus filhos. Para ela, outra vantagem dos grupos é a comodidade de receber os livros em casa, quando possível. Dependendo da situação, ela relata que também acontece de os pais combinarem o encontro em algum lugar público para receber os livros.

Livreiros tradicionais

O livreiro Alan Monteiro, 27, trabalha há 10 anos com a venda de livros usados na feira mais tradicional de Fortaleza, na Praça dos Leões. Desde o ano passado, ele tem sentido uma queda significativa nas vendas, entre 60% a 70%. “Antigamente eu vendia R$ 30 mil por mês. Hoje a gente tira R$ 15 mil ou R$ 10 mil. Em vez de recorrerem a nós, as mães estão negociando entre elas”, avalia.

Como estratégia para driblar a queda nas vendas por causa do crescimento dos grupos de WhatsApp, Alan tem optado por divulgar seu trabalho nas redes sociais na tentativa de angariar mais clientes. O livreiro também oferece atendimento a domicílio e presta serviços de assistência técnica em informática.

Serviço

Grupo Mães Amigas - Bazar Escolar Fortaleza

Funciona no Facebook e WhatsApp e estabelece regras específicas e faixas de preço fixas. Os livros didáticos variam entre R$ 30 e R$ 70, os paradidáticos entre R$ 10 e R$ 20. Materiais como mochila e fardamentos variam.

Grupo Desapego Escolar - Grupo Amamentando seu Bebê (Gamb)

Funciona somente no WhatsApp e estabelece regras específicas e faixa de preço fixa apenas para paradidáticos, que devem ficar entre R$ 10 e R$ 20.

Praça dos Leões

A feira deve seguir em funcionamento até fevereiro. Horário: de segunda-feira a sábado, das 7h30min  às 17h.

Alan Livros

Rua do Rosário, Praça dos Leões, box 14. Contato: 85 98138-9329

Feira de Livros Usados Shopping Rio Mar Kennedy

No espaço é possível trocar, vender e comprar com descontos entre 40% e 50% abaixo do valor de mercado. A Feira conta com um acervo de mais de 6 mil livros paradidáticos do Ensino Fundamental ao Médio, além de exemplares de Português, Matemática, Gramática entre outros, de editoras abertas.

Onde: Avenida Sargento Hermínio, 3100, bairro Presidente Kennedy Quando: segunda-feira a sábado, das 10h às 22h e aos domingos, das 13h às 21h.