PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Quadrilha é presa suspeita de realizar furtos em supermercados e shoppings da Aldeota

Os cinco suspeitos foram autuados por associação criminosa e furto qualificado. As ações do grupo ocorriam principalmente na região do bairro Aldeota, em Fortaleza

16:00 | 03/06/2019
A quadrilha foi presa após ação das equipes dos 2º e 9º Distritos Policiais.
A quadrilha foi presa após ação das equipes dos 2º e 9º Distritos Policiais.(Foto: Deisa Garcêz / Especial para O POVO)

Quatro mulheres e um homem foram presos suspeitas de realizar furtos a clientes em supermercados e shoppings de Fortaleza. A quadrilha oriunda do Rio Grande do Norte foi desarticulada nesse domingo, 2, após ação de equipes da Polícia Civil (PCCE) e da Polícia Militar do Ceará (PMCE). As ações do grupo ocorriam principalmente na região do bairro Aldeota.

Os suspeitos Marcio Daniel Pereira de 41 anos, Maria José da Silva, 44, Erica Ferreira da Silva, 21, Maria Siqueira Sales, 19, e Priscila Santos de Lima, 21, estavam na Capital desde a última quinta-feira, 30. De acordo com a titular do 2°DP, Socorro Portela, pelo menos quatro lojas eram visitadas pela quadrilha por dia.

FORTALEZA, CE, BRASIL. 03-06-2019: Coletiva de imprensa na Delegacia da 2ªDP sobre roubos em supermercados na Aldeota (personagem: Socorro Portela, delegada titular.
FORTALEZA, CE, BRASIL. 03-06-2019: Coletiva de imprensa na Delegacia da 2ªDP sobre roubos em supermercados na Aldeota (personagem: Socorro Portela, delegada titular. (Foto: (Fotos: Deísa Garcêz/Especial para O Povo))

As mulheres eram responsáveis por realizar os furtos aos clientes que estavam em atendimento, enquanto o homem aguardava em um carro do lado de fora dos estabelecimentos. O bando não portava nenhuma arma. A delegada informou que não é a primeira vez que eles atuavam na Cidade. Já no Rio Grande do Norte, a quadrilha também realizava assalto em lojas, mas nunca tinham sido capturados.

Segundo a Polícia, a ação começava com a aproximação de duas mulheres com as vítimas, como clientes comuns, conversando e questionando os preços dos produtos. Enquanto isso, as outras duas integrantes da quadrilha realizavam os furtos. Outra ação feita pelo grupo ocorria quando as vítimas iam até os caixas para utilizar cartões de créditos e as mulheres se aproximavam, sem levantar suspeitas, e decoravam as senhas dos cartões. Em seguida furtavam, realizavam saques, faziam compras e se livravam das provas.

Os suspeitos foram presos quando estavam em um carro, entre os cruzamentos da avenida Tristão Gonçalves e rua Meton de Alencar, no Centro. De acordo com a delegada, eles não resistiram a prisão. Os cinco foram autuados por associação criminosa e furto qualificado. 

Pelo menos cinco pessoas compareceram à delegacia para registrar Boletim de Ocorrência (B.O). O homem permanece preso no 2º DP e as quatro mulheres estão na Delegacia de Capturas. A delegada ressalta que, após a divulgação das identidades dos suspeitos, outras vítimas podem aparecer para novas acusações.

Jullie Vieira