PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

CRC promove mutirão para negociação de dívidas de pessoas físicas ou jurídicas

O Mutirão da Conciliação ocorre até 7 de junho, das 12 às 16 horas, no Fórum da Justiça Federal. Para participar é só comparecer ao local com carteira profissional em mãos

10:53 | 03/06/2019
08/12/2014 Brasil - A Receita Federal libera nesta semana consulta ao último lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física 2014. (Foto: Marcos Santos/usp imagens)
08/12/2014 Brasil - A Receita Federal libera nesta semana consulta ao último lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física 2014. (Foto: Marcos Santos/usp imagens)(Foto: Marcos Santos/usp imagens)

O Conselho Regional de Contabilidade do Ceará (CRC-CE) está promovendo, durante toda esta semana, o Mutirão de Conciliação. A iniciativa tem a intenção de facilitar o pagamento de dívidas que pessoas físicas ou jurídicas contraíram junto ao órgão. Para participar é preciso comparecer ao local portando carteira profissional até sexta-feira, 7 de junho, das 12 às 16 horas, no Fórum da Justiça Federal. Caso o profissional não possa comparecer, é possível enviar alguém no seu lugar, desde que o mesmo tenha uma procuração.

Durante o Mutirão, os processos serão analisados, podendo obter a isenção ou descontos sobre juros e multa, além de facilitar o parcelamento para processos de execução fiscal de anuidades e multas de pessoas físicas e jurídicas. A procuradora jurídica do CRC, Elizabeth Coelho, explica que quaisquer casos de dívidas decorrentes de processos judiciais podem ser levados ao mutirão. “Nossas dívidas mais comuns são decorrentes de anuidades que não são pagas pelos nossos profissionais. Então, a maioria, realmente, é decorrente da falta de pagamento dessas anuidades. Mas, temos, também, pessoas que devem multas ou infrações [gerais] e até de eleição”, complementa.

Segundo Elizabeth, o CRC separou junto à Justiça Federal, uma média de 2.500 processos judiciais e cerca de 3.000 profissionais que possuem dívidas com o Conselho. O objetivo é regularizar as situações antes de colocá-las, efetivamente, na Justiça Federal, momento em que o débito se torna um processo judicial. “Essa conciliação pré-processual é, também, uma forma que a gente encontra de desafogar a máquina judiciária”, reforça a procuradora.

Serviço - Mutirão de Conciliação

Local: Fórum da Justiça Federal

Endereço: rua Pedro I, Praça General Murilo Borges, 01 – Centro

Data: 3 a 7 de junho

Horário: das 12h às 16h

Redação O POVO Online