PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

"Na renovação da fé que enfrentamos as dificuldades desses dias difíceis", diz arcebispo

| Missa da Unidade| Também chamada de Missa dos Santos Óleos, a celebração renovou os votos dos cerca de 400 padres da Arquidiocese de Fortaleza

00:00 | 19/04/2019
DOM JOSÉ ANTÔNIO abençoa os santos óleos que serão usados nos rituais católicos
DOM JOSÉ ANTÔNIO abençoa os santos óleos que serão usados nos rituais católicos(Foto: Mauri Melo)

No momento da homilia na Missa da Unidade, realizada na manhã de ontem como parte da celebração da Páscoa, o arcebispo de Fortaleza dom José Antônio Aparecido Tosi Marques reforçou a necessidade de os sacerdotes serem comprovação do amor nos tempos difíceis em que vivemos. "A Igreja é família de Deus, as pessoas são filhos e filhas do Senhor. Os dons que Ele distribui para as diversas congregações religiosas é para sermos testemunhas do amor às pessoas no meio do Mundo", afirmou.

 A celebração, também chamada de Missa dos Santos Óleos, reuniu cerca de 400 dos 476 padres de toda Arquidiocese de Fortaleza para renovar o compromisso com a Igreja, com os fieis e com o ato de servir, mas não só. Na celebração, os sacerdotes receberam três óleos que serão usados no decorrer de todo o ano para unção dos enfermos, batismo e eucaristia. O da crisma tem o diferencial de levar o bálsamo para simbolizar a plenitude do Espírito Santo. Os sacerdotes que não estiveram presentes são padres idosos, doentes ou que estavam em missões fora do Estado.

A missão do sacerdote é de pastorear o rebanho de Deus e, para dom José Antônio, é uma missão de mão dupla. É de muita felicidade, mas requer deveres sem tamanho. "É uma grande alegria ver que o povo de Deus se reúne, tem fé e vai celebrar e viver com amor tudo aquilo que é celebrado na Páscoa. Aquele que está à frente é quem deve cuidar para que todos estejam vivendo aquilo que pregam, unidos de verdade, dando testemunhos para que o mundo possa acreditar", disse.

O padre Emílio Castelo, da paróquia São Geraldo Magela, no Planalto Caucaia, afirma que exerce o sacerdócio com amor e não tem um dia em que não amanheça muito feliz com a decisão que tomou em atender ao chamado de Deus. "Sou muito feliz como padre. Há 15 anos, eu fui ordenado e a cada ano, na Missa da Unidade, eu renovo os meus votos com a unidade de todos os cristãos, de toda a comunidade. É importante reavivar junto com os fieis e todo o presbitério da Arquidiocese, os meus votos de amor e de serviço a Jesus Cristo", assegura.

A renovação dos votos é uma cerimônia da igreja católica que acontece no mundo inteiro, na Quinta-feira Santa. Para o padre Geovane Saraiva, da Paróquia de Santo Afonso - mais conhecida como Igreja Redonda, o clero se reúne com o bispo para ter renovado o compromisso com os fieis, com o ministério sacerdotal e, sobretudo, com o amor de Deus.

 

ANGÉLICA FEITOSA