PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Morador do Lagamar morre após contrair leptospirose; família denuncia negligência médica

De acordo com familiares, a morte de José Adailson da Silva Pereira teria sido causada por negligência médica em atendimento recebido em UPA no bairro Edson Queiroz.

18:00 | 16/04/2019

José Adailson da Silva Pereira, de 44 anos, morreu após contrair leptospirose. Morador do bairro Lagamar, em Fortaleza, ele estava internado em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro José Walter. De acordo com familiares, a morte teria sido causada por negligência médica no primeiro atendimento recebido por ele em outra UPA, a do bairro Edson Queiroz.

Adriana Geronimo, assistente social e amiga de familiares da vítima, disse em entrevista ao O POVO Online que Adailson passou mal no dia 29 de março, queixando-se de dores na nuca e no abdômen. Ao ser levado pela esposa até a UPA do Edson Queiroz, recebeu atendimento médico e foi orientado a ir para casa, repousar e só retornar caso passasse mal novamente. "Ele não teve atendimento digno nessa UPA. Voltou pra casa se sentido mal do mesmo jeito", reclama Adriana.

Adailson não apresentava melhora. "Ele não conseguia nem ficar de pé", conta Adriana. Ele, então, foi levado para a UPA do bairro José Walter no dia 31 de março. Na unidade, a leptospirose foi então diagnosticada e Adailson morreu quatro dias depois.

A família de Adailson pretende acionar a Justiça e processar a primeira unidade de saúde para onde foram por acreditar que não houve atenção média adequada. Na primeira UPA em que ele foi atendido não foram feitos os exames que diagnosticam a doença. "Se eles tivessem feito exames nele a gente saberia antes de a doença se alastrar e talvez ele pudesse estar com a família agora", lamenta a amiga.

Em nota, o Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), que gerencia as UPAs do Estado, disse que o paciente apresentou o quadro de febre alta, dor muscular e nas articulações, dores de cabeça, vômito e vermelhidão nos olhos e que, após realização de exames - na UPA do José Walter -, foi diagnosticada a leptospirose. Ele ficou internado e morreu na tarde do último dia 4 de abril.

O POVO Online procurou a Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa), mas até a publicação da matéria não obtivemos retorno. A Secretaria Municipal de Saúde do Município de Fortaleza (SMS), responsável pela UPA do bairro Edson Queiroz, onde a vítima recebeu o primeiro atendimento, também até o momento não se pronunciou sobre o assunto.

No dia 2 de abril, O POVO Online esteve no bairro do Lagamar para acompanhar a situação dos moradores que perderam bens e tiveram casas invadidas pelas águas após intensas chuvas. Foi através de moradores que a reportagem soube da história de um homem que estava internado com suspeita de leptospirose. A equipe conversou com a sogra da vítima e ela explicou que temia pela vida do genro. Para ela, ele pode ter contraído a doença após ter tido contato com as poças de águas que ficaram nas ruas.

Jullie Vieira