PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Secretário quer mudar lei e fazer presos pagarem por tornozeleiras eletrônicas

De acordo com o secretário da Administração Penitenciária, a cobrança seria feita aos presos de melhor condição financeira

15:33 | 15/04/2019
De acordo com o secretário da Administração Penitenciária, a cobrança seria feita aos presos de melhor condição financeira
De acordo com o secretário da Administração Penitenciária, a cobrança seria feita aos presos de melhor condição financeira(Foto: Camila de Almeida/ O POVO))

O secretário da Administração Penitenciária (SAP), Luís Mauro Albuquerque, afirmou que o Estado pretende implementar lei para cobrar dos detentos cearenses o uso das tornozeleiras eletrônicas. Ele anunciou a proposta durante coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira, 15, na qual fez balanço de seus primeiros cem dias à frente da pasta. O modelo seria similar ao realizado no Rio Grande do Norte.

“Já está em tratativa com o governador (Camilo Santana) para a gente poder cobrar de quem tem condições”, declarou o secretário. De acordo com ele, a Casa Civil do Estado já está com o texto da matéria para encaminhá-la ao Legislativo.

Mauro Albuquerque foi quem comandou as penitenciárias potiguares até o ano passado. Por lá, a cobrança financeira aos detentos já é realizada. “A gente conseguiu implementar uma lei justamente para isso”, informou.

No Ceará, a proposta é de que a arrecadação seja feita aos detentos de melhor condições econômicas. “Já para quem é assistido pela Defensoria Pública estará isento”, disse.

Com informações de Heloísa Vasconcelos

Redação O POVO Online