PUBLICIDADE
Fortaleza
NO MEIRELES

Turistas do RJ relatam que tiveram bagagem e dinheiro queimados após curto-circuito em quarto de hotel

As chamas teriam começado em um curto-circuito no ar-condicionado do quarto em a família que estava hospedada

23:20 | 15/04/2019
Poucos pertences dos turistas restaram.
Poucos pertences dos turistas restaram. (Foto: WhatsApp / O POVO)

Um casal e sua filha de oito meses teriam perdido toda a bagagem e dinheiro em princípio de incêndio no Hotel Plaza Praia Suítes, no bairro Meireles, em Fortaleza, na última quinta-feira, 11. Segundo o turista do Rio de Janeiro, Ewerthon Ferreira, as chamas começaram em um curto-circuito no ar-condicionado do quarto em que estava hospedado.

Ewerthon diz que foi aproveitar a praia com a família e, quando voltou ao hotel, seus pertences estavam queimados. Ele e a esposa tiveram de ficar com as roupas que saíram na quinta.

O hotel, de acordo com o turista, ofereceu outro quarto à família, incluindo todas as refeições do dia. No entanto, a quantia que perdeu no incêndio ainda não havia sido ressarcida. O turista explica que é porque a empresa só pagará o dinheiro dentro de cinco dias úteis. Nesse tempo, Ewerthon, a esposa Jessica Mascarenhas e a filha seguem com os bolsos vazios até para comprar roupa e calçado.

Segundo O POVO Online apurou com funcionário do estabelecimento, na noite de sexta-feira, 15, as gerentes geral e comercial do hotel se reuniram com o advogado do turista para chegar a um acordo. Foram oferecidos R$ 300 para comprar vestimentas para os três. De acordo com Ewerthon, foram gastos R$ 2 mil em hospedagem para o período entre o dias 11 e 14 deste mês.

Além do aborrecimento, o carioca declara que a situação lhe causou medo. "Poderia ter ocorrido uma grande tragédia porque se estivéssemos no quarto poderíamos ter morrido lá dentro". Além disso, a situação manteve-se a mesma: a família ficou em outro quarto até domingo, 14, quando foi embora da Capital, e aguardará o recebimento da quantia perdida.

A assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CMBCE) informou que não recebeu chamado para atender a ocorrência. O POVO Online procurou a assessoria do estabelecimento, mas foi informado que o hotel não possuía. A reportagem também tentou contato a gerente-geral do Plaza Praia Suítes, mas não obteve sucesso.

Ingrid Campos