PUBLICIDADE
Fortaleza
Aerolândia

Após troca de tiros, carro capota em perseguição policial e dois suspeitos de roubo morrem

No cruzamento das ruas Tenente Roma com Major Gerardo Mendes, o trio perdeu o controle do carro, que capotou

20:50 | 13/03/2019

Após roubarem pertences de clientes em churrascaria de Messejana, três homens fugiram e foram perseguidos por equipe da Polícia Militar (PM). O carro onde estava os suspeitos capotou na Aerolândia e dois deles morreram. O terceiro conseguiu fugir. O caso aconteceu nesta quarta-feira, 13.

De acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), houve troca de tiros entre policiais e criminosos. No cruzamento das ruas Tenente Roma com Major Gerardo Mendes, o trio perdeu o controle do carro, que capotou.

Um dos suspeitos foi encontrado já sem vida dentro do veículo, lesionado por arma de fogo. Trata-se de Elves Presley Costa, de 30 anos, com passagens por roubo, crime de trânsito, porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e homicídio.

O segundo suspeito, que conseguiu sair do carro e estava baleado, foi levado para um hospital na Capital, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Ele foi identificado por Paulo Victor Alves Barros,19, sem antecedentes criminais.

O terceiro suspeito conseguiu fugir e é procurado pela Polícia. No local, os PMs apreenderam um revólver calibre 38, dois aparelhos celulares – que tinham sido roubados –, uma pequena quantidade de maconha e um carregador de pistola com cinco munições. O caso é investigado pela Polícia Civil.

As vítimas do assalto na churrascaria compareceram ao 13º Distrito Policial e tiveram seus pertences restituídos. Equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) compareceram ao local para realizar os procedimentos policiais e periciais.

Denúncias

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que levem à prisão do terceiro suspeito. As denúncias podem ser feitas para o número 181, do Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o (85) 3101-2049, do 13º Distrito Policial (DP). O sigilo e o anonimato são garantidos.

 Redação O POVO Online