PUBLICIDADE
Notícias
PLATAFORMA ONLINE

Conheça a Profuturo Fortaleza, plataforma online de qualificação profissional

A intenção é que 15.482 sejam ocupadas até o fim de 2019

23:32 | 25/02/2019
Prefeito lançou o Profutura Fortaleza nesta segunda-feira, 25
Prefeito lançou o Profutura Fortaleza nesta segunda-feira, 25

O prefeito Roberto Cláudio lançou nesta segunda-feira, 25, a plataforma Profuturo Fortaleza. A ferramenta une em um único portal informações de acesso à cursos de qualificação profissional ofertados por diferentes pastas municipais. Já foram disponibilizados 651 vagas em 27 cursos de 12 áreas de formação distintas. O lançamento aconteceu no auditório do Paço Municipal.

As áreas ofertadas são Beleza e Saúde, Construção Civil, Controle e Processos industriais, Desenvolvimento Educacional e Social, Gastronomia, Gestão e Negócios, Informação, Comunicação e Design, Produção Cultural, Produção Industrial, Recursos Naturais, Segurança, Turismo, Hospitalidade e Lazer.

A intenção é que 15.482 sejam ocupadas até o fim de 2019. Além disso, com o avanço da plataforma, o objetivo é ampliar o serviço, agregando informações do Governo do Estado, do terceiro setor e da iniciativa privada, incluindo cursos de ensino a distância e, futuramente, orientação vocacional.

COMO USAR

Prefeito lançou o Profutura Fortaleza nesta segunda-feira, 25
Prefeito lançou o Profutura Fortaleza nesta segunda-feira, 25 (Foto: FOTO: Reprodução)

A ferramenta pode ser acessada através deste link. O primeiro passo é realizar o cadastro na aba superior, informando nome, telefone celular e uma senha.

O usuário é apresentado a uma tabela com as “áreas de interesse”. Ao clicar na área de preferência,  os cursos disponíveis daquela área aparecem. Junto aos cursos são apresentadas as informações de carga horária, número de vagas e período de duração.

Ao clicar em “Turma”, informações com a data das aulas e o horário aparecem. Clicando em "Saiba Mais", o usuário é redirecionado para outra aba com em um botão "quero este curso". A partir daí, um ficha de inscrição mais ampla é aberta, solicitando CPF, e-mail e endereço, obrigatoriamente.

Outras informações como PIS, NIS e Bilhete único também são pedidas, apesar de não serem obrigatórias.

O Povo

TAGS