PUBLICIDADE
Notícias

Sobe para 168 o número de pessoas detidas por envolvimento em ataques no Ceará

Destes, 20 autuações foram feitas nas últimas horas desta terça-feira, 8

10:03 | 08/01/2019
NULL
NULL
[FOTO1]Aumentou para 168 o número de pessoas presas e apreendidas por suspeita de envolvimento na onda de ataques que assola o Ceará. Destes, 20 autuações foram feitas nas últimas horas desta terça-feira, 8. Os dados foram divulgados pelo governador Camilo Santana (PT) na manhã desta terça-feira.
 
Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), dos detidos, 143 são adultos e 25 adolescentes. A Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) segue investigando os casos.

[SAIBAMAIS]
O chefe do Executivo Estadual anunciou que o policiamente na Capital e no Interior está cada vez mais reforçado com o "apoio das tropas federais e estados parceiros". Camilo afirma também que já determinou que a cúpula da segurança da segurança pública empregue "todos os esforços necessários".
 
[VIDEO1]  
"Lideranças criminosas estão sendo identificadas e as transferências para presídios federais estão em curso. Não haverá tolerância contra o crime", frisa o governador.

Onda de violência promovida por organizações criminosas chega ao sétimo dia em todo o Ceará nesta terça-feira. 
 
Acompanhe a cobertura completa dos ataques no Instagram do O POVO: @opovoonline 
 
Confira a cobertura do O POVO sobre a onda de ataques no Ceará:
 
3/1/2019








10h15min.