PUBLICIDADE
Fortaleza
FOTORREPORTAGEM

Série no Instagram conta em imagens a onda de ataques no Ceará

18:12 | 07/01/2019
O POVO Online publicou narrativa visual sobre a onda de violência no Ceará. São três fotogalerias publicadas em série de posts no Instagram.

A sequência é dividida em três partes: os ataques, a reação do poder público e a mobilização das polícias do. Nordeste e no Brasil e o impacto na vida cotidiana da população.

A seguir, você confere a série sobre esta semana de violência das facções no Estado:
  
 
Visualizar esta foto no Instagram.

O cotidiano da população é diretamente afetado pela onda de ataques no Ceará. O transporte coletivo da Grande Fortaleza foi significativamente reduzido nos últimos dias. Na sexta-feira, 4, terceiro dia de ataques, a frota chegou a operar com 30% da capacidade e os veículos começaram a circular com policiais embarcados. A normalização do serviço só começou nesta segunda-feira, 6, em meio a relatos de lentidão, lotação de veíulos e terminais além de linhas que não circulam. O cotidiano de milhares de pessoas passou a ser de insegurança além de acarretar em prejuízos no trabalho da população, que, dependente de ônibus, não conseguia se deslocar pela cidade. O transporte alternativo, as topiques, também pararam e só devem voltar ao normal nesta terça-feira, 8. Ruas e avenidas de Fortaleza acumulam grande quantidade de lixo após o serviço de coleta ter funcionamento alterado devido à onda de ataques que atinge o Ceará desde quarta-feira, 2. Moradores relatam que não há recolhimento desde o início dos atentados. Na quinta-feira, 3, um caminhão compactador da empresa Ecofor Ambiental - responsável pelo serviço - foi queimado no bairro Sítio São João. Um dia depois, a empresa informou que o serviço de coleta domiciliar estava "prejudicado" e que o esquema foi alterado por questão de segurança. O ataque também levou a empresa a suspender funcionamento de ecopontos na Capital. Acompanhe a cobertura completa sobre os ataques ocorridos no Ceará em nosso feed e também pelos stories. (Fotos: Mateus Dantas, Aurélio Alves e Gustavo Simão, Júlio Caesar e Mauri Melo / O POVO)

Uma publicação compartilhada por O POVO Online (@opovoonline) em

  
Redação O POVO Online