PUBLICIDADE
Notícias

Agenciador sexual é preso por usar fotos falsas de garotos de programa

Vítima denunciou que tinha uma foto sendo utilizada em site de agenciamento sexual mesmo não fazendo parte da rede de serviços

12:12 | 22/01/2019
Francisco Charles Bravo de Alencar, 41, foi preso em flagrante nessa segunda-feira, 21, após uma vítima identificar que tinha sua foto utilizada em um site de agenciamento de garotos de programa. De acordo com as investigações, a foto foi retirada do perfil pessoal da vítima no Instagram. O agenciador será enquadrado por rufianismo, ao tirar proveito da prostituição alheia. Operação foi comandada por políciais do 13° Distrito Policial. 

A vítima marcou encontro em um motel em Fortaleza com o garoto de programa verdadeiro. No entanto, eram agentes do 13° DP quem esperavam o homem, identificado como Dimitri, que cobrou R$ 300 pelo serviço. No local, o indivíduo foi pego pela polícia e indicou a residência do chefe da rede de prostituição. Na casa de Charles, 10 celulares e dois notebooks foram apreendidos. Nos equipamentos têm dados dos agenciados.

De acordo com Dimitri, Charles é quem decide o valor e o local dos encontros. O trabalho do garoto de programa é ir aonde o serviço deve ser feito e retornar ao chefe para entregar metade do pagamento estipulado.
 
Charles Bravo é experiente no ramo, e a polícia não descarta que outras pessoas tenham fotos usadas indevidamente no site onde o serviço é ofertado. Segundo os policiais, Charles era dono de uma casa de massagem, mas, no momento, trabalhava apenas pelo site de agenciamento de garotos de programa.
TAGS