PUBLICIDADE
Notícias

86 pessoas já foram detidas no Ceará por participação em ataques

12:56 | 05/01/2019
NULL
NULL
[FOTO1]
Oitenta e seis pessoas já foram presas e apreendidas no Ceará por envolvimento nos ataques iniciados na noite de quarta-feira, 2, em todo o Estado. Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), 36 delas foram autuadas em flagrante entre a noite de sexta-feira, 4, e a manhã deste sábado, 5 - período em que começou a atuação de policiais militares no transporte coletivo de Fortaleza. As informações foram divulgadas em nota no começo da tarde.

Ainda conforme a SSPDS, nenhum ônibus do transporte coletivo foi incendiado em Fortaleza e na Região Metropolitana desde o início da noite desta sexta. 
 
Os flagrantes estão concentrados na Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco). No plantão de ontem, foram apreendidas duas armas de fogo, entre elas um fuzil mosquefal, galões de gasolina e coquetéis molotovs, conforme a SSPDS.
 
A secretaria não detalhou quantas ocorrências foram registradas neste sábado, mas disse que os casos foram em Fortaleza e outras 13 cidades e que não há registro de feridos.
 
Presídios
Ainda segundo a SSPDS, equipes da Polícia Civil foram enviadas para a Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) 3, em Itaitinga, onde mais de 250 detentos devem ser autuados por envolvimento em distúrbios dentro da unidade. Desde a quinta-feira, 3, de acordo com a SSPDS, 113 presos foram autuados por desobediência, resistência e motim. Naquele dia, houve um princípio de rebelião na unidade.
 
Redação O POVO Online
TAGS