PUBLICIDADE
Notícias

DER inicia hoje retirada de areia sobre a CE-010

| DUNA DA SABIAGUABA | O sedimento deverá ser reposto no próprio Parque Natural Municipal das Dunas, em área degradada por processo de mineração

00:13 | 01/02/2019

A areia que se acumula na rodovia CE-010, dentro do Parque Natural Municipal das Dunas (PNMD), unidade de proteção integral da Sabiaguaba, começa hoje a ser retirada pelo Departamento Estadual de Rodovias (DER). Participaram da decisão representantes governamentais e da sociedade civil. A ideia soluciona imbróglio que se tornou o avanço natural da duna sobre a rodovia. O sedimento retirado deverá ser depositado no próprio parque, em uma área degradada por processo de mineração.

A decisão foi tomada pelo Conselho Gestor da Sabiaguaba (CGS), embasada em parecer técnico comandado pelo professor Jeovah Meireles, do Departamento de Geografia da Universidade Federal do ceará (UFC). Para o docente, que integra o CGS, a ação é a de menor impacto. "Essas areias vão servir de substrato para a recuperação da mata e das funções ecológicas daquele setor".

Jeovah esclarece que as areias migram mais intensamente no 2º semestre do ano e que, neste primeiro semestre, os ventos são mais amenos, a nebulosidade é maior, assim como as precipitações. Motivos que fazem a migração de sedimentos ser mais lenta. O docente ainda lembra que a retirada se contrapõe à proposta inicial do DER.

"A proposta anterior de fixar as dunas com palhas e barreiras para impedir a ação dos ventos, é completamente criminosa, inadequada à unidade de conservação que é de proteção integral", frisa o professor.

O parque é composto por um conjunto de dunas fixas, móveis e semifixas, lagoas costeiras, terraços marinhos, rochas de praia, manguezais, e uma área de tabuleiro pré-litorâneo (área mais plana de Fortaleza). O local apresenta diversidade de riquezas de ecossistemas (mata de tabuleiro, de dunas, de restingas e de manguezal).

"Ali resguarda um dos mais importantes lençóis freáticos que temos na Cidade. Ali faz com que os ventos entrem pelo parque e amenizem as ilhas de calor e interfere diretamente no clima. Existem mais de 12 sítios arqueológicos com materiais que foram datados pelo Plano de Manejo das Unidades de Conservação da Sabiaguaba, o que mostra que aquela região foi ocupada há mais de quatro mil anos", complementa.

A advogada Beatriz, do Instituto Verdeluz, integrante do conselho, também avalia positivamente a decisão, e lembra que outras ações deverão ser executadas. "Deverá ter o reflorestamento com planta nativa, o cercamento e colocação de placas", lista.

Em nota, a Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) informa que foram realizadas visitas de campo junto à UFC e outras entidades da sociedade civil para verificar a adequabilidade do local a receber os sedimentos recolhidos pelo DER. Conforme a pasta, responsável legal pelo PNMD, a execução dos trabalhos, que visa à segurança viária do local, é de responsabilidade do DER.

TAGS