Paulistas, baianos e cariocas são favoritos de cearenses para casamentoNotícias de Fortaleza 

PUBLICIDADE
Notícias


Paulistas, baianos e cariocas são favoritos de cearenses para casamento

A informação é de balanço do registro civil divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que apontou casamento de 88,4 mil cearenses em 2017

11:26 | 05/11/2018

Em época de redução de novos casamentos no Brasil, ainda há quem mantenha o otimismo diante dos desafios da vida a dois. No ano em que o Ceará registrou maior queda de novos casamentos civis do Brasil, mais de 88,4 mil cearenses foram contra a corrente e trocaram alianças em 2017, a maioria com conterrâneos, paulistas, baianos ou cariocas.

 

[VIDEO1]

A informação é de balanço do registro civil divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Ao todo, par favorito de mulheres do Ceará foram homens cearenses (33,7 mil), seguidos de paulistas (2,7 mil), cariocas (996), pernambucanos (871), baianos (822), piauienses (546), maranhenses (538) e mineiros (523).

Já entre os homens, tiveram maior popularidade – entre pessoas de outros estados – mulheres de São Paulo (2,4 mil), Bahia (882), Pernambuco (823), Rio de Janeiro (765), Maranhão (693), Piauí (610), Pará (520) e Minas Gerais (468). O par mais improvável entre cearenses foi de pessoas do Amapá: foram apenas 45 casamentos, entre homens e mulheres.

[VIDEO2]

Casamentos no Brasil 

Segundo dados do registro civil em todo o Brasil, foram celebrados no país 1.070.376 casamentos civis em 2017, sendo 5.887 entre pessoas do mesmo sexo. Este número representa uma redução geral de 2,3% no total de casamentos registrado em 2016. A redução foi registrada em todas as regiões do País, variando de 3,1% no Sudeste a 0,1% no Sul.

O número de casamentos entre pessoas do mesmo sexo em 2017, no entanto, cresceu em todas as regiões, aumentando 10% em relação a 2016. Segundo o IBGE, o menor aumento neste tipo de união ocorreu no Nordeste (1%) e o maior no Centro-Oeste (13,8%).

TAGS