PUBLICIDADE
Fortaleza
METROFOR

Obras da Linha Leste do metrô entre Centro e Papicu são retomadas e devem durar 4 anos

O orçamento total é de cerca de R$ 1,85 bilhão. Viagem entre Centro e Papicu será em 15 minutos

11:53 | 07/11/2018
A assinatura da ordem de serviço foi no canteiro onde estão montadas as máquinas tuneladoras, no Centro (Foto: Alexia Vieira/ Especial para O POVO)
Paradas desde 2015 e com apenas 1% de execução, as obras da Linha Leste do Metrô de Fortaleza serão retomadas. A ordem de serviço foi assinada nesta quarta-feira, 7, pelo governador Camilo Santana e pelo secretário da Infraestrutura Lúcio Gomes. O tempo previsto para a construção do trecho que ligará o Centro ao Papicu é de quatro anos. O orçamento total, que conta com investimentos do Governo Federal, do BNDES e do Tesouro Nacional, é de cerca de R$ 1,85 bilhão.

Conforme Lúcio Gomes, no primeiro período da construção não haverá muitas interferências no trânsito, já que as obras ocorrerão no subsolo. Ele não especificou quanto tempo esse período durará nem deu um calendário das obras.
 
O trecho de 7,3 quilômetros contará com quatro estações subterrâneas (Chico da Silva, Colégio Militar, Nunes Valente e Papicu) e uma estação de superfície (Tirol-Moura Brasil). 

Com a conclusão do projeto, até 150 mil passageiros por dia poderão seguir do Centro ao Papicu em 15 minutos. A nova ordem de serviço acontece após o Tribunal de Contas da União (TCU) suspender cauterlarmente a licitação para as obras depois de denúncias de irregularidades na tramitação da concorrência pública.

Participam da solenidade o presidente do Congresso Nacional, Eunício Oliveira (MDB), o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, representantes do BNDES e da Caixa Econômica Federal, além de autoridades locais. O BNDES investirá R$ 1 bilhão na obra. O Governo Federal contribuirá com R$ 673 milhões e o Tesouro Nacional com R$ 186 milhões. 
 
Redação O POVO Online
Com informações da repórter Alexia Vieira