Morre coronel da reserva ferido a faca após discussão familiar por políticaNotícias de Fortaleza
PUBLICIDADE
Notícias


Morre coronel da reserva ferido a faca após discussão familiar por política

A discussão teria ocorrido com um primo, eleitor de Haddad. O coronel era eleitor de Bolsonaro

16:54 | 13/11/2018

Coronel da reserva remunerada da Polícia Militar do Ceará, Flávio Sales Gadelha morreu por volta das 11 horas desta terça-feira, 13, após ter sido vítima de lesão a faca. O oficial foi ferido durante discussão política com um primo, no Centro de Paracuru, no domingo 11. Ele estava internado em hospital de Fortaleza.

 

[SAIBAMAIS]A PMCE confirmou a morte e afirmou que estava acompanhando a liberação do corpo do coronel da reserva. O comando da corporação lançou nota de pesar informando que, após a lesão a faca, ele teve complicações. Informações sobre velório e sepultamento serão divulgadas posteriormente.

A discussão política teria ocorrido por o coronel ser eleitor do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e o primo ser eleitor de Fernando Haddad (PT). O suspeito do crime é um primo. Ele foi preso e encaminhado à delegacia de Itapipoca, onde foi realizado o procedimento policial.

TAGS