Homem suspeito de envolvimento em tentativa de assalto a delegado é presoNotícias de Fortaleza 

PUBLICIDADE
Notícias


Homem suspeito de envolvimento em tentativa de assalto a delegado é preso

Uma adolescente de anos foi apreendida; outros dois suspeitos, também menores de idade, estão foragidos

14:33 | 05/11/2018
NULL
NULL
[FOTO1]
Dois suspeitos de envolvimento em tentativa de crime patrimonial foram detidos pela Polícia Civil. A dupla é acusada de participar da tentativa de assalto ao carro Uber em que estava um delegado de Polícia. O caso aconteceu no bairro Joaquim Távora no último sábado, 3. Outros dois suspeitos estão foragidos. 

As informações foram detalhadas em coletiva de imprensa na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), nesta segunda-feira, 5. 

O delegado da Varjota, José Afonso Tibó Castelo Branco, 27, foi surpreendido por quatro criminosos durante corrida em carro da Uber. O delegado reagiu e, durante troca de tiros, foi atingido de raspão. Uma adolescente de 14 anos foi atingida com um tiro na braço e conseguiu fugir e chegar ao Frotinha da Messejana, onde foi identificada e detida. 

A investigação aponta que, no dia do crime, os quatro suspeitos saíram em duas motos para, supostamente, praticar homicídio contra um rival. “A prática não foi possível e eles decidiram efetuar um roubo. Foi então que identificaram um veículo Uber, em que estava o delegado, e realizaram a tentativa de assalto”, detalhou o delegado Leonardo Barreto, diretor da DHPP.

De acordo com o delegado Wilson Neto, titular da 11ª Delegacia da DHPP, a Polícia foi comunicada a respeito de entrada de mulher ferida por volta das 18 horas do sábado no Frotinha. A equipe se dirigiu ao local e entrevistou a adolescente, que confessou participação no caso. Em depoimento, ela apontou os demais envolvidos e as localizações deles. 

“A residência apontada pela adolescente estava vazia e com indícios de que alguém teria acabado de sair. Buscamos outro endereço e nos deparamos com dois homens, que fugiram pulando muros vizinhos”, relata delegado Carlos Eduardo, adjunto da DHPP. Um dos suspeitos foi localizado em cima de igreja da região. Ao tentar escapar, ele caiu do telhado e foi capturado pela Polícia. 

[FOTO2] Paulo Douglas Almeida Gadelha, de 31 anos, foi identificado e preso como principal autor do crime e do disparo que atingiu o delegado de raspão. Ele negou envolvimento direto no crime, mas confessou ser membro de facção criminosa. Junto a ele, foram apreendidos um capacete e um colete.

Além da adolescente de 14 anos, outros dois participantes também menores de idade foram identificados, mas permanecem foragidos. 

A Polícia informa que a investigação continua em andamento e há possibilidade de envolvimento dos suspeitos em crimes patrimoniais na região dos bairros Meireles e Aldeota. 

Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa 

A 11ª Delegacia da DHPP, criada em abril de 2017, tem como finalidade investigar os crimes de homicídio e latrocínio contra agentes da Segurança Pública do Ceará. 

No ano passado, a delegacia especializada elucidou 85% dos homicídios de policiais. Neste ano, conforme Leonardo Barreto, a DHPP atingiu 93,5% de resolubilidade.
 
Redação O POVO Online 

 
TAGS