PUBLICIDADE
Fortaleza
UNICEF

Estudo sobre homicídios de jovens no Ceará é premiado entre as 3 melhores iniciativas do mundo

"Trajetórias Interrompidas" foi elaborado pelo Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência (CCPHA)

22:20 | 07/11/2018
Estudo sobre homicídios de adolescentes cearenses foi premiado pelo Unicef como uma das três melhores pesquisas inscritas no "Best of Unicef Research 2018". Intitulado "Trajetórias Interrompidas", a publicação foi elaborada pelo Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência (CCPHA) e narra a história de vítimas de violência no Estado, associando suas histórias à dinâmica de violência em comunidades populares e dificuldade de acesso às políticas públicas nesses lugares.
Segundo o documento enviado à Presidência da Assembleia Legislativa, "os avaliadores ficaram particularmente impressionados com o potencial de impacto sócio-econômico e político e da força do relatório como ferramenta de defesa de direitos humanos".

O estudo foi realizado com dados referentes aos municípios de Caucaia, Eusébio, Horizonte, Maracanaú, Sobral e Juazeiro do Norte, além, é claro da capital do Estado, Fortaleza.

Com base em pesquisa e nas discussões com diversas instituições (UNICEF, Assembleia Legislativa, governo do estado, prefeitura de Fortaleza e sociedade civil organizada), foram construídas recomendações para prevenir que trajetórias como as das vítimas continuem sendo interrompidas desta forma. 

O estudo pode ser lido, em sua íntegra,clicando aqui.
 
 
 
 
Redação O POVO Online