PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Governo do Ceará autoriza criação de nova unidade de conservação em Fortaleza

Decreto foi assinado nesta terça-feira, 30, pelo governador Camilo Santana

20:47 | 30/10/2018
NULL (Foto: )
NULL (Foto: )
[FOTO1]

O governador Camilo Santana assinou nesta terça-feira, 30, decreto que autoriza a criação de uma unidade de conservação localizada no bairro Cambeba, em Fortaleza. Com 11 hectares, o local deve receber uma série de investimentos de revitalização para beneficiar diretamente os moradores e servidores que trabalham na região. O decreto foi assinado durante reunião do Monitoramento de Ações e Programas Prioritários (MAPP), realizada no Pavilhão da Residência Oficial.

Artur Bruno, responsável pela Secretaria do Meio Ambiente (Sema), afirmou que a intervenção será uma forma de dar uma maior utilidade ao espaço. “Havia uma reivindicação histórica de muitas décadas dos servidores do Cambeba para a criação dessa unidade de conservação. Nós da Sema, junto à Secretaria de Planejamento e Gestão, trabalhamos e criamos uma área de relevante interesse ecológico do riacho Levada. Ele está muito poluído e ali tem uma mata bem razoável, de 11 hectares”, disse.

Segundo o secretário, as obras vão impulsionar ainda mais o fluxo ali existente. “Ela já é muito utilizada pelos moradores para caminhada, existem assessorias esportivas lá. Com a criação dessa unidade, vai ajudar muito mais, pois vamos preservar a floresta, despoluir o riacho, além de construir uma trilha, academia de ginástica, área de lazer e de esporte para os servidores utilizarem ou mesmo para fazer uma reflexão, curtir a natureza”.

O projeto para a área de lazer vai ser elaborado e a expectativa é de que a licitação seja feita ainda neste ano para ser inaugurado no início de 2019.
 
[FOTO2] 

“É uma área preservada pelo poder público para educação ambiental, reflexão, meditação, práticas de esporte, lazer, entretenimento. Lá poderão ser feitos piqueniques e vai ter também um parquinho. A ideia é que o servidor se sinta melhor na presença da natureza”, concluiu Artur Bruno.

Criado para monitorar a carteira de projetos do Governo do Ceará, o MAPP foi instituído em 2007 e desde então é comandado pelo governador como o mais importante sistema de gestão para implantação e acompanhamento das ações realizadas no âmbito estadual.

O MAPP tem o objetivo de melhor definir a aplicação dos recursos e monitorar todos os valores investidos pelo Governo, tratando de todas as fases do ciclo de vida de seus projetos – desde a sua proposição até seu encerramento, passando pelos processos de aquisição e contratação, execução, monitoramento e encerramento.
 
Redação O POVO Online 
TAGS