PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Seis homens mortos ao tentar roubar avião e caso de homofobia em pizzaria foram destaques

19:20 | 29/09/2018
NULL
NULL(Foto: )
Seis homens suspeitos de tentar roubar um avião que transportava dinheiro foram mortos na madrugada de quarta-feira, 26, em Pernambuco, durante ação da Polícia Federal. A reportagem foi destaque no O POVO Online nesta semana. Também teve repercussão a notícia de um casal que relata ter sofrido homofobia por parte de funcionários de uma pizzaria em Messejana. 
 
Esses foram os destaques do O POVO Online na semana de 22/9 a 28/9. 
 

A Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) autuou e interditou uma unidade da rede de supermercados Pão de Açúcar, localizado na avenida Antônio Sales, esquina com Desembargador Moreira, na Aldeota, na manhã de terça-feira, 25. O motivo alegado é o “desrespeito às normas sanitárias vigentes”, de acordo com a Agefis, que enviou fiscais ao local, os quais constataram a presença de pragas e vetores urbanos, como ratos e baratas, nas áreas de vendas, armazenamento e manipulação.


[FOTO1]

Ciro Gomes (PDT) se manteve estável nas intenções de voto entre eleitores cearenses e lidera no Estado, com 39% das intenções de voto, segundo pesquisa Ibope divulgada na terça-feira pelo Diário do Nordeste.

Fernando Haddad (PT) cresceu 19 pontos percentuais. Foi de 2% para 21%. Líder em âmbito nacional, Jair Bolsonaro (PSL) teve oscilação dentro da margem de erro e passou de 14% para 15%.


[FOTO2]

Seis homens suspeitos de tentar roubar um avião que transportava dinheiro foram mortos na madrugada de quarta-feira, 26, no Aeroporto de Salgueiro, em Pernambuco. A ação, que contou com as polícias da Bahia e Pernambuco e a Polícia Federal, terminou ainda com a apreensão de sete fuzis, entre eles um calibre 50.


A pizzaria Casa da Itália, localizada na Messejana, foi palco de um caso de homofobia. No local, um casal de namorados foi constrangido por uma funcionária, que pediu para que eles se “comportassem” durante o jantar. A situação aconteceu na noite de sábado, 22, e foi compartilhada nas redes sociais das vítimas. 


[FOTO3]

Dois dos sócios da rede de restaurantes Coco Bambu doaram R$ 40 mil para a campanha de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República. 

Os valores, divididos em dois depósitos de R$ 20 mil cada, foram repassados por Afrânio Barreira Filho e Eugênio Veras Vieira.

Redação O POVO Online

TAGS