PUBLICIDADE
Fortaleza
VIOLÊNCIA

Igreja Assembleia de Deus lamenta morte de pastor vítima de latrocínio no Conjunto Ceará

11:53 | 11/09/2018
A igreja Assembleia de Deus lamentou o assassinato de pastor foi morto a tiros no bairro Conjunto Ceará, na noite desta segunda-feira, 10. A vítima, que atuava na igreja no bairro Montese, estava no bairro para visitar outro pastor, segundo testemunhas. O crime teve participação de, pelo menos, duas pessoas. Os suspeitos conseguiram fugir em posse do veículo da vítima.  

A Assembleia de Deus publicou, em seu perfil no Facebook, uma nota de pesar ao pastor. "Obreiro dedicado, pai de família exemplar, modelo de serviço cristão. A AD Montese e CONFRADECE, na pessoa de seu presidente, Pr. Ozires Teixeira Pessoa, se solidarizam com a família, convidando a todos aqueles que o conheciam a orar pela esposa, filhos, igreja e todos que o amavam", escreveu.
 
Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, Antônio Wanderley de Paulo, de 50 anos, foi abordado por duas pessoas na Rua 735, quando estava saindo de sua caminhonete, modelo Hilux. Pelo menos um dos suspeitos estava armado.  

A dupla deu início ao assalto e, enquanto um seguiu para o lado do motorista, o outro entrou no carro pelo lado do passageiro. Na saída, um dos infratores efetuou disparos contra a vítima, que caiu no local, não resistiu e veio a óbito. Os criminosos fugiram, levando o veículo. 
 
Policiais militares realizaram buscas pela região para prender os suspeitos, mas até o momento ninguém foi preso. O caso ficará sob a responsabilidade da 2ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Imagens da ação, gravadas por câmeras instaladas na região, serão solicitadas e devem auxiliar na identificação dos responsáveis pelo crime.
 
Redação O POVO Online