PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Marcha pela Vida: 10 anos por uma cultura de respeito ao nascituro!

Confira o artigo escrito pela neonatologista Eliane Oliveira

12:45 | 22/09/2018
NULL
NULL (Foto: )
[FOTO1] 
O aborto intencional interrompe a gravidez e remove o bebê do útero antes que tenha capacidade de sobrevivência autônoma. É o assassinato de uma vida humana inocente que tem autonomia reduzida, pois, vulnerável, que não pode se defender. Todos os seres humanos são seres humanos desde a concepção, e todos passam pela fase embrionária e fase de feto dentro do útero materno. O bebê é um fim em si mesmo, é sujeito de direitos, e nascer é um direito humano fundamental.
 
Legitimar o aborto torna mãe e embrião ou feto adversários, naturaliza a ação materna oposta ao bem estar de seu feto. É um ataque à integridade física e psíquica da gestante, com consequências emocionais negativas à parentalidade. Impossível para o aborto ser benéfico à saúde! A gestação humana envolve obrigatoriamente o organismo materno. O concepto se desenvolve com vida própria abrigado pelo ventre materno para seu crescimento e desenvolvimento, e deve ser tutelado pela sociedade.
  
Problema de saúde pública é a liberação do aborto, descartando seres humanos, promovendo uma cultura de morte e a manipulação e comercialização da vida humana, desumanizando e coisificando a mulher. O aborto é explorado comercial e cientificamente, com práticas de clonagem, eugenia, cultivo e destruição de embriões, extração e venda de tecidos fetais, entre outras práticas. Crime algum deixará de ser crime por decreto.
  
A ciência demonstra que a vida intrauterina é um período de ouro no processo de formação dos órgãos e sistemas, envolvendo o crescimento físico, maturação neurológica, comportamental, cognitiva, social e afetiva da criança. A partir da concepção, os primeiros mil dias de vida determinam os aspectos físicos e emocionais do ser humano.
  
A Marcha pela Vida promove uma cultura de respeito ao nascituro, ao seu direito de nascer, tendo a dignidade humana como centro. Vamos todos participar desta festa em defesa da vida!
 
Eliane Oliveira é médica neonatologista da Maternidade Escola Assis Chateaubriand da UFC (MEAC-UFC)

Serviço:
10ª Marcha pela Vida Contra o Aborto
 
Data: 22 de setembro de 2018
Horário: a partir das 16 horas
Local: Praia de Iracema – Próximo ao Ideal Club


TAGS