PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Presos têm antecedentes que incluem crime de trânsito, violência doméstica e homicídio

12:49 | 24/08/2018
NULL
NULL(Foto: )
Dos cinco homens presos acusados de envolvimento no assassinato de três policiais miliares no bairro Vila Manoel Sátiro, três tinham antecedentes criminais. Os motivos são diversos: homicídio, tráfico de drogas, porte ilegal de arma, lesão corporal dolosa, violência doméstica e crime de trânsito.
[FOTO1]
Apontado pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) como suposto autor, Fabiano Cavalcante da Silva, 31 anos, já estava preso. Ele possui 12 passagens pela Polícia, por tráfico de drogas, receptação, roubo, ameaça, lesão corporal dolosa, porte ilegal de arma de fogo e até crime contra a administração pública.

[SAIBAMAIS]Confira os antecedentes dos presos:

Francisco Wellington Almeida da Silva, 41 anos - antecedentes criminais por roubo, lesão corporal dolosa, contravenção penal e violência doméstica.

Eduardo Vale de Lima, 35 anos - com mandados de prisão em aberto por homicídio e roubo, além de sete passagens pela Polícia: duas por tentativa de homicício, duas por roubo, uma por porte ilegal de arma de fogo, uma por tráfico de drogas e uma por crime de trânsito.

Rafael Mendes Almeida, 30 anos - antecedente criminal por porte de arma de fogo.

Charlesson de Araújo Sousa, 20 anos -  sem antecedentes criminais.

Lucas Oliveira da Silva, idade não informada - sem antecedente criminal.
 
Com informações de Rubens Rodrigues

TAGS