PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Após repercussão do golpe da cirurgia plástica, mais de 10 vítimas comparecem à delegacia

12:21 | 24/08/2018

Após a repercussão do golpe da cirurgia plástica, que resultou na prisão de Maria Josilene Sales Boris, de 32 anos, o 1º Distrito Policial (Monte Castelo) recebeu, nesta quinta-feira, 23, mais de 10 vítimas que compareceram à unidade da Polícia Civil para denunciar Josilene.

As vítimas, a maioria de idades entre 25 e 30 anos, têm o mesmo perfil. Todas foram informada por meio de amigas sobre uma facilidade para realizações de cirurgias plásticas. Elas afirmam que Josilene dizia ser funcionária do Hospital Geral de Fortaleza (HGF) e conseguiria preços abaixo do mercado.

O delegado Renê Andrade informou que os primeiros levantamentos apontam para um prejuízo de mais de R$ 100 mil com os golpes. Existem vítimas que depositaram de R$ 1.500 até R$ 7 mil. Outras pessoas já foram identificadas e devem ser indiciadas. Para o delegado, o caso é de uma organização criminosa especializada nesse tipo de golpe. 

 

Existem vítimas de Fortaleza, Interior do Estado e outras que vieram de outros países para realização da cirurgia, mas ao chegar em Fortaleza descobriram o golpe. 

 

Redação O POVO Online 

 

TAGS