PUBLICIDADE
Notícias

Confusão em salão de beleza no Meireles termina em delegacia

Delegada que atendeu a ocorrência disse que o desentendimento teve início quando uma mulher externou estar descontente com os preços do estabelecimento

20:37 | 14/07/2018
Atualizada às 22h10min
 
Estadunidense e esposa se envolveram em briga com dona de um salão de beleza localizado na avenida Abolição, no bairro Meireles, em Fortaleza. O desentedimento aconteceu neste sábado, 14, por volta das 13h30min. Os envolvidos foram parar na Delegacia do 2º Distrito Policial (2º DP). 
 
Ao O POVO Online, a delegada Ana Cristina Albuquerque, que atendeu a ocorrência, disse que a confusão teve início quando a mulher, esposa do norte-americano, externou estar descontente com os preços do estabelecimento. A tensão se agravou quando a dona do salão interpretou que estava sendo acusada de estar abusando do cliente.

Ana Cristina informou que um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) foi feito pela dona do estabelecimento contra o estrangeiro. Inicialmente, a alegação era de injúria racial, o que não se confirmou, segundo a delegada. O vídeo mostra tom de voz elevado de ambas as partes. Dona do salão e testemunha alegaram ter detectado frases de cunho racista na fala do estadunidense - que não fala português. 

Em contrapartida, explica Ana Cristina, ele se defendeu, afirmando que não seria racista com brasileiros, já que é marido de uma. "A testemunha e ela (dona do estabelecimento) alegaram que ele usou palavras agressivas como 'fuck you' e 'bitch'. Ele disse que não ofendeu, que seria uma expressão de que 'to nem aí'". 

Procurada pela reportagem, a testemunha não quis conceder entrevista. Ela alegou que atenderia pedido da dona do salão, de que não falasse com a imprensa.
 
Em contato com O POVO Online, a proprietária do estabelecimento afirmou que tem como provar o crime de injúria racial praticado pelo americano durante a discussão. Ela conta que o salão possui câmeras que podem ajudar na elucidação dos fatos e que nesta segunda-feira, 16, irá contatar seu advogado para prosseguir com a denúncia. O casal não foi localizado pela reportagem. 
 
Redação O POVO Online 
TAGS