PUBLICIDADE
Notícias

Com dois estudantes de Fortaleza, Brasil fatura ouro e bronze na Olimpíada Internacional de Matemática

Com as conquistas deste ano, o Brasil subiu nove colocações no ranking geral da competição em comparação ao ano passado

19:50 | 14/07/2018
NULL
NULL

[FOTO1] 

A Olimpíada Internacional de Matemática (IMO, sigla em inglês) premiou seis estudantes brasileiros, entre eles dois de Fortaleza. A competição aconteceu em Cluj-Napoca, na Romênia, e foi encerrada nessa sexta-feira, 13.

Os jovens Pedro Gomes Cabral, de 15 anos, e Bruno Brasil Meinhart, de 17, são os dois medalhistas de Fortaleza, cada um trazendo para o País uma medalha de bronze. Além da dupla, foram premiados os estudantes de São Paulo: Bernardo Peruzzo Trevizan, 16, André Yuji Hisatsuga, 18, ambos com bronze e Lucas Hiroshi Hanke Harada, 17, com menção honrosa. Pedro Lucas Lanaro Sponchiado, de 17 anos, foi o grande campeão, trazendo para o Brasil a primeira medalha de ouro na IMO desde 2012.

Em 2018, a Olimpíada Internacional de Matemática recebeu 594 estudantes de diversas nacionalidades. Os seis brasileiros foram escolhidos após quatro provas entre os campeões da Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM). A preparação para a competição foi liderada pelos professores Régis Prado Barbosa, de São Paulo, e Armando Barbosa Filho, de Fortaleza.

“Os resultados obtidos nesta edição da Olimpíada demonstram o amadurecimento da equipe olímpica. É importante ressaltar que o ouro é fruto de uma rotina intensa de treinamentos, que os professores têm aperfeiçoado a cada ano, inclusive com a presença de convidados estrangeiros, especialistas em competições internacionais”, disse Régis , líder da delegação brasileira.

A edição anterior da IMO foi disputada no Rio de Janeiro, e teve a Coréia do Sul na liderança do pódio, deixando o Brasil em 37º no ranking geral de medalhas. Em 2018, a equipe brasileira termina a competição em uma posição melhor do que o anterior, em 28º lugar. O pódio deste ano foi: Estados Unidos em primeiro lugar, Rússia em segundo e China em terceiro.

A Olimpíada Internacional de Matemática acontece desde 1959 e é a mais antiga e prestigiada olimpíada científica para estudantes do ensino médio. No próximo ano, a disputa acontecerá na Inglaterra.

Redação O POVO Online

 

TAGS
Com dois estudantes de Fortaleza, Brasil fatura ouro e bronze na Olimpíada Internacional de MatemáticaNotícias de Fortaleza
PUBLICIDADE
Notícias

Com dois estudantes de Fortaleza, Brasil fatura ouro e bronze na Olimpíada Internacional de Matemática

Com as conquistas deste ano, o Brasil subiu nove colocações no ranking geral da competição em comparação ao ano passado

19:50 | 14/07/2018
NULL
NULL

[FOTO1] 

A Olimpíada Internacional de Matemática (IMO, sigla em inglês) premiou seis estudantes brasileiros, entre eles dois de Fortaleza. A competição aconteceu em Cluj-Napoca, na Romênia, e foi encerrada nessa sexta-feira, 13.

Os jovens Pedro Gomes Cabral, de 15 anos, e Bruno Brasil Meinhart, de 17, são os dois medalhistas de Fortaleza, cada um trazendo para o País uma medalha de bronze. Além da dupla, foram premiados os estudantes de São Paulo: Bernardo Peruzzo Trevizan, 16, André Yuji Hisatsuga, 18, ambos com bronze e Lucas Hiroshi Hanke Harada, 17, com menção honrosa. Pedro Lucas Lanaro Sponchiado, de 17 anos, foi o grande campeão, trazendo para o Brasil a primeira medalha de ouro na IMO desde 2012.

Em 2018, a Olimpíada Internacional de Matemática recebeu 594 estudantes de diversas nacionalidades. Os seis brasileiros foram escolhidos após quatro provas entre os campeões da Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM). A preparação para a competição foi liderada pelos professores Régis Prado Barbosa, de São Paulo, e Armando Barbosa Filho, de Fortaleza.

“Os resultados obtidos nesta edição da Olimpíada demonstram o amadurecimento da equipe olímpica. É importante ressaltar que o ouro é fruto de uma rotina intensa de treinamentos, que os professores têm aperfeiçoado a cada ano, inclusive com a presença de convidados estrangeiros, especialistas em competições internacionais”, disse Régis , líder da delegação brasileira.

A edição anterior da IMO foi disputada no Rio de Janeiro, e teve a Coréia do Sul na liderança do pódio, deixando o Brasil em 37º no ranking geral de medalhas. Em 2018, a equipe brasileira termina a competição em uma posição melhor do que o anterior, em 28º lugar. O pódio deste ano foi: Estados Unidos em primeiro lugar, Rússia em segundo e China em terceiro.

A Olimpíada Internacional de Matemática acontece desde 1959 e é a mais antiga e prestigiada olimpíada científica para estudantes do ensino médio. No próximo ano, a disputa acontecerá na Inglaterra.

Redação O POVO Online

 

TAGS