PUBLICIDADE
Fortaleza
JUSTIÇA

Acusado de matar empresário em Fortaleza tem pedido de liberdade negado

A defesa do criminoso pediu para que ele aguardasse o processo em liberdade

19:40 | 11/07/2018
Acusado de matar empresário no bairro Cajazeiras, em Fortaleza, Janderson Nascimento teve habeas corpus negado pela 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE). A decisão foi proferida nessa terça-feira, 10. A informação é do site do tribunal.

Os autos do processo dizem que no dia 6 de janeiro de 2017, cerca das 17h20min, o criminoso matou a vítima com pistola calibre 380. O empresário estava sentado na calçada de uma loja de roupas.
 

Depois do crime, Nascimento fugiu, mas foi capturado por equipe do Ronda de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio). Questionado sobre a arma, confessou que tinha acabado de assassinar uma pessoa.

A defesa do criminoso pediu para que ele aguardasse o processo em liberdade e ingressou habeas corpus no TJCE, sob argumentação de que o réu reunia condições propícias à concessão do benefício. Alegaram ainda o término do prazo para formação da culpa.

A 3ª Câmara, no julgamento do caso, negou a solicitação. Sobre a afirmação do término do prazo para formação de culpa, o órgão argumentou que não há ilegalidades que justifiquem a concessão do pedido de soltura.

 
Redação O POVO Online