PUBLICIDADE
Notícias

Uma idosa e duas crianças são mortas vítimas de bala perdida em 72 horas

Idosa de 88 anos, além de crianças de 4 e 10 anos de idade morreram em decorrência de bala perdida

20:57 | 02/06/2018
NULL
NULL

Três pessoas foram vítimas de bala perdida em menos de 72 horas no Estado do Ceará. Foram vitimadas duas crianças de 4 e 10 anos de idade e uma idosa de 88 anos. Os respectivos casos aconteceram no Conjunto Santo Antônio, em Sobral, no bairro Henrique Jorge, em Fortaleza, e na Barra do Ceará, também na Capital.

 

[FOTO1]

[SAIBAMAIS]
A ocorrência que vitimou a idosa Nívia de Sousa Alves, de 88 anos, aconteceu na tarde da sexta-feira, 1º. Na ocasião, a vítima estava dentro de um estabelecimento comercial. No mesmo local estava Leônidas Pires Saraiva, de 21 anos, que respondia na Justiça por tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse irregular de arma de fogo e corrupção de menores. Ele foi abordado por dois indivíduos que efetuaram os disparos. Durante o ataque, dona Nívea foi baleada e morreu no local. Leônidas também morreu. As informações são da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Em Sobral, a 250 quilômetros de Fortaleza, a menina Ana Vitória da Silva Rodrigues, de 4 anos, foi morta por um disparo de arma de fogo, na quarta-feira, 30. Um adulto foi preso e um adolescente apreendido na quinta-feira, 31.

 

No bairro Henrique Jorge, em Fortaleza, Livia Thaynara Lopes de Sousa, 10 anos, foi morta, também vítima de bala perdida. Além da menina, outras duas pessoas foram baleadas e socorridas para unidades de saúde. O crime, conforme a Polícia Civil, aconteceu na rua Porto Alegre, quando dois homens abordaram um adulto e uma adolescente de 17 anos e efetuaram vários disparos contra as vítimas. A criança estava em casa, quando foi atingida na cabeça.

Conforme a Polícia Civil, o alvo dos criminosos tinha antecedentes criminais por tráfico de drogas, roubo e lesão corporal. O adolescente e o adulto foram baleados no braço e na virilha.

 

TAGS