PUBLICIDADE
Notícias

Igreja do Carmo recebe relíquia do Santo Cura d'Ars

O cálice com o qual o santo celebrava as missas ficou exposto nesta tarde na Igreja do Carmo, no Centro de Fortaleza

17:39 | 08/06/2018
NULL
NULL

[FOTO1]

Fortaleza recebe nesta sexta-feira, 8, relíquia de São João Maria Vianney, conhecido como Santo Cura d'Ars. Ele é o padroeiro dos sacerdotes. O cálice com o qual o santo celebrava as missas ficou exposto nesta tarde na Igreja do Carmo, no Centro de Fortaleza. Nesta data, a Igreja Católica comemora o Sagrado Coração de Jesus e o Dia Mundial de Oração pelos Sacerdotes.

O cálice-relíquia chegou a Fortaleza sob cuidados do reitor da Basílica de Ars, padre Patrice Chocholski. Neste ano, é comemorado o bicentenário da chegada de São João Maria Vianney à Ars. Durante a celebração da Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, na manhã desta sexta-feira, no Condomínio Espiritual Uirapuru, o pároco falou a sacerdotes explicou que outra relíquia - um pedaço do coração do santo - não foi transportado a Fortaleza devido ao risco de se deteriorar.

O padre Gilson Soares, membro da Comissão Arquidiocesana de Presbíteros, destacou a importância do exemplo de dedicação do santo. “A presença do cálice que Cura d’Ars celebrava a Santa Missa é um forte estímulo a nossa missão de levar o evangelho diante de um muito cheio de tantas dificuldades e questões”.

Cura d’Ars

São João Maria Vianney viveu entre os séculos XVIII e XIX. Seu trabalho se tornou famoso na pequena cidade francesa de Ars-sur-Formans. Nesse local em que, após desertar do exército francês, João Maria Vianney iniciou a missão sacerdotal. Ele se tornou pároco de uma comunidade considerada pagã. Sua persistência diante das dificuldades de evangelização no local é considerada exemplo pelos sacerdotes.

Ingrid Thais, especial para O POVO Online
TAGS
Igreja do Carmo recebe relíquia do Santo Cura d'ArsNotícias de Fortaleza
PUBLICIDADE
Notícias

Igreja do Carmo recebe relíquia do Santo Cura d'Ars

O cálice com o qual o santo celebrava as missas ficou exposto nesta tarde na Igreja do Carmo, no Centro de Fortaleza

17:39 | 08/06/2018
NULL
NULL

[FOTO1]

Fortaleza recebe nesta sexta-feira, 8, relíquia de São João Maria Vianney, conhecido como Santo Cura d'Ars. Ele é o padroeiro dos sacerdotes. O cálice com o qual o santo celebrava as missas ficou exposto nesta tarde na Igreja do Carmo, no Centro de Fortaleza. Nesta data, a Igreja Católica comemora o Sagrado Coração de Jesus e o Dia Mundial de Oração pelos Sacerdotes.

O cálice-relíquia chegou a Fortaleza sob cuidados do reitor da Basílica de Ars, padre Patrice Chocholski. Neste ano, é comemorado o bicentenário da chegada de São João Maria Vianney à Ars. Durante a celebração da Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, na manhã desta sexta-feira, no Condomínio Espiritual Uirapuru, o pároco falou a sacerdotes explicou que outra relíquia - um pedaço do coração do santo - não foi transportado a Fortaleza devido ao risco de se deteriorar.

O padre Gilson Soares, membro da Comissão Arquidiocesana de Presbíteros, destacou a importância do exemplo de dedicação do santo. “A presença do cálice que Cura d’Ars celebrava a Santa Missa é um forte estímulo a nossa missão de levar o evangelho diante de um muito cheio de tantas dificuldades e questões”.

Cura d’Ars

São João Maria Vianney viveu entre os séculos XVIII e XIX. Seu trabalho se tornou famoso na pequena cidade francesa de Ars-sur-Formans. Nesse local em que, após desertar do exército francês, João Maria Vianney iniciou a missão sacerdotal. Ele se tornou pároco de uma comunidade considerada pagã. Sua persistência diante das dificuldades de evangelização no local é considerada exemplo pelos sacerdotes.

Ingrid Thais, especial para O POVO Online
TAGS