PUBLICIDADE
Notícias

Ambulância espera conserto por dois dias em calçada de oficina em Fortaleza

Equipamento é um dos dois veículos que atende pacientes do Hospital Mental de Messejana

16:39 | 17/06/2018
NULL
NULL
[FOTO1]
Dois dias. Esse foi o tempo que uma ambulância do Governo do Estado do Ceará ficou na rua à espera de conserto. Moradores do bairro Jardim das Oliveiras denunciaram ao O POVO Online que o veículo teria sido abandonado do lado de fora de um estabelecimento. A Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), no entanto, diz que a ambulância estava em frente à oficina.

Um morador que pediu para não ser identificado diz que ambulância foi deixada na última sexta-feira, 15. Desde então, não houve movimentação no veículo. A ambulância estava na rua José Leon, entre as ruas Chico Lemos e Tauf Alves. 

Ele define o caso como reflexo de "má administração", já que o equipamento, essencial para transporte de pacientes, ficou parado o fim de semana inteiro sem nenhuma proteção na rua. "Perde-se um fim de semana com pacientes que precisam ser transferidos, que perdem exames ou vagas em hospitais", protestou. 

O veículo atende a pacientes do Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto, de Messejana, e apresentou problemas mecânicos e defeito no ar-condicionado nessa sexta-feira. Conforme a Sesa, apenas duas ambulâncias atendem ao Hospital. 

"A previsão é que a manutenção do veículo, que já foi recolhido para o galpão da oficina, seja concluída no decorrer desta semana", diz a pasta, em nota. "No momento, o HSM disponibiliza a outra ambulância para os casos emergenciais, além de uma van para transferência dos pacientes".
TAGS
Ambulância espera conserto por dois dias em calçada de oficina em FortalezaNotícias de Fortaleza
PUBLICIDADE
Notícias

Ambulância espera conserto por dois dias em calçada de oficina em Fortaleza

Equipamento é um dos dois veículos que atende pacientes do Hospital Mental de Messejana

16:39 | 17/06/2018
NULL
NULL
[FOTO1]
Dois dias. Esse foi o tempo que uma ambulância do Governo do Estado do Ceará ficou na rua à espera de conserto. Moradores do bairro Jardim das Oliveiras denunciaram ao O POVO Online que o veículo teria sido abandonado do lado de fora de um estabelecimento. A Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), no entanto, diz que a ambulância estava em frente à oficina.

Um morador que pediu para não ser identificado diz que ambulância foi deixada na última sexta-feira, 15. Desde então, não houve movimentação no veículo. A ambulância estava na rua José Leon, entre as ruas Chico Lemos e Tauf Alves. 

Ele define o caso como reflexo de "má administração", já que o equipamento, essencial para transporte de pacientes, ficou parado o fim de semana inteiro sem nenhuma proteção na rua. "Perde-se um fim de semana com pacientes que precisam ser transferidos, que perdem exames ou vagas em hospitais", protestou. 

O veículo atende a pacientes do Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto, de Messejana, e apresentou problemas mecânicos e defeito no ar-condicionado nessa sexta-feira. Conforme a Sesa, apenas duas ambulâncias atendem ao Hospital. 

"A previsão é que a manutenção do veículo, que já foi recolhido para o galpão da oficina, seja concluída no decorrer desta semana", diz a pasta, em nota. "No momento, o HSM disponibiliza a outra ambulância para os casos emergenciais, além de uma van para transferência dos pacientes".
TAGS
Ambulância espera conserto por dois dias em calçada de oficina em FortalezaNotícias de Fortaleza
PUBLICIDADE
Notícias

Ambulância espera conserto por dois dias em calçada de oficina em Fortaleza

Equipamento é um dos dois veículos que atende pacientes do Hospital Mental de Messejana

16:39 | 17/06/2018
NULL
NULL
[FOTO1]
Dois dias. Esse foi o tempo que uma ambulância do Governo do Estado do Ceará ficou na rua à espera de conserto. Moradores do bairro Jardim das Oliveiras denunciaram ao O POVO Online que o veículo teria sido abandonado do lado de fora de um estabelecimento. A Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), no entanto, diz que a ambulância estava em frente à oficina.

Um morador que pediu para não ser identificado diz que ambulância foi deixada na última sexta-feira, 15. Desde então, não houve movimentação no veículo. A ambulância estava na rua José Leon, entre as ruas Chico Lemos e Tauf Alves. 

Ele define o caso como reflexo de "má administração", já que o equipamento, essencial para transporte de pacientes, ficou parado o fim de semana inteiro sem nenhuma proteção na rua. "Perde-se um fim de semana com pacientes que precisam ser transferidos, que perdem exames ou vagas em hospitais", protestou. 

O veículo atende a pacientes do Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto, de Messejana, e apresentou problemas mecânicos e defeito no ar-condicionado nessa sexta-feira. Conforme a Sesa, apenas duas ambulâncias atendem ao Hospital. 

"A previsão é que a manutenção do veículo, que já foi recolhido para o galpão da oficina, seja concluída no decorrer desta semana", diz a pasta, em nota. "No momento, o HSM disponibiliza a outra ambulância para os casos emergenciais, além de uma van para transferência dos pacientes".
TAGS
Ambulância espera conserto por dois dias em calçada de oficina em FortalezaNotícias de Fortaleza
PUBLICIDADE
Notícias

Ambulância espera conserto por dois dias em calçada de oficina em Fortaleza

Equipamento é um dos dois veículos que atende pacientes do Hospital Mental de Messejana

16:39 | 17/06/2018
NULL
NULL
[FOTO1]
Dois dias. Esse foi o tempo que uma ambulância do Governo do Estado do Ceará ficou na rua à espera de conserto. Moradores do bairro Jardim das Oliveiras denunciaram ao O POVO Online que o veículo teria sido abandonado do lado de fora de um estabelecimento. A Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), no entanto, diz que a ambulância estava em frente à oficina.

Um morador que pediu para não ser identificado diz que ambulância foi deixada na última sexta-feira, 15. Desde então, não houve movimentação no veículo. A ambulância estava na rua José Leon, entre as ruas Chico Lemos e Tauf Alves. 

Ele define o caso como reflexo de "má administração", já que o equipamento, essencial para transporte de pacientes, ficou parado o fim de semana inteiro sem nenhuma proteção na rua. "Perde-se um fim de semana com pacientes que precisam ser transferidos, que perdem exames ou vagas em hospitais", protestou. 

O veículo atende a pacientes do Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto, de Messejana, e apresentou problemas mecânicos e defeito no ar-condicionado nessa sexta-feira. Conforme a Sesa, apenas duas ambulâncias atendem ao Hospital. 

"A previsão é que a manutenção do veículo, que já foi recolhido para o galpão da oficina, seja concluída no decorrer desta semana", diz a pasta, em nota. "No momento, o HSM disponibiliza a outra ambulância para os casos emergenciais, além de uma van para transferência dos pacientes".
TAGS