PUBLICIDADE
Fortaleza
Fies

Estudantes de Medicina protestam contra reajuste de mensalidade em Fortaleza; veja vídeos

Beneficiários do Fies, os universitários enfrentam dificuldades para continuar o curso após aumento de 8%. Manifestação ocorreu nesta segunda

19:29 | 16/04/2018
(Foto: Mateus Dantas / O POVO)

Cerca de 300 alunos do curso de Medicina do Centro Universitário Christus (Unichristus), contemplados pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), reivindicaram contra o aumento no valor da mensalidade, durante protesto na tarde desta segunda-feira, 16, no pátio da instituição, no bairro Cocó. Com o reajuste de 8%, o valor da mensalidade passa de R$ 7.100 mensais para R$ 7.800. 
 
A estudante Grabriela Oliveira, de 29 anos, relata que recebeu dois boletos no valor de R$ 1.200 mesmo tendo isenção de 100% do valor da mensalidade concedidA por meio do financiamento.
 
“Quem tem Fies não tem como pagar esse valor”, destacou a aluna. Durante manifestação, os universitários tentaram diálogo com a instituição, mas não foram recebidos pela coordenação do curso. O POVO Online esteve no local durante o ato, mas foi impedido de entrar na unidade acadêmica. A reportagem ainda tentou contato por meio do telefone, mas não obteve retorno até o momento. 
 
O advogado Bruno Meireles, representante legal dos estudantes, afirmou que entrará com uma denúncia no Ministério Público (MP) e uma ação judicial por cobrança abusiva. “A faculdade adere voluntariamente ao Fies, concordado com o que está estipulado na Lei. Cobrar além desse valor é ilegal”, destacou. 
 
Fies 
 
O Fies é um programa do Ministério da Educação destinado ao financiamento da graduação na educação superior de instituições privadas, por meio da Lei 10.260/2001. Os beneficiários têm entre 50 e 100% do valor da mensalidade financiado. 
 
Veja vídeos:
 
 
 
Leia reivindicação: 
(Via WhatsApp O POVO)
 
Redação O POVO Online