PUBLICIDADE
Notícias

Moradores do Conjunto Ceará comemoram entrega de escola

A unidade escolar funcionará em tempo integral e atenderá até 540 estudantes. Governador e prefeito estiveram na inauguração

21:17 | 19/04/2018
NULL
NULL
[FOTO1]A entrega da nova Escola de Ensino Médio Maria Antonieta Nunes reuniu ontem, no Conjunto Ceará, autoridades e população em clima de comemoração. A instituição, que em 2018 passou a oferecer ensino em tempo integral, estava funcionando provisoriamente em outro local, até o prédio da escola - fundada em 1982 - ser reformado. A solenidade teve a participação do governador Camilo Santana (PT-CE) e do prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio (PDT-CE).

[SAIBAMAIS]Emocionada, a costureira Eliane Aquiles, 37, acompanhou a inauguração da escola onde sempre estudou e onde a filha Andreyna, 17, faz o segundo ano do ensino médio. “Me sinto guerreira de ver essa escola assim. Tá muito linda. Eu espero que esses meninos zelem. Nasci e me criei aqui, conheço todos”, orgulha-se Eliane.

Em fevereiro, o bairro também ganhou a Escola de Ensino Médio Gentil Barreira. Camilo falou à imprensa que a unidade é a quarta de 17 em entregue em Fortaleza. “Temos 13 a entregar ainda este ano. Vamos dar cada vez mais qualidade e oportunidade, não só no ambiente físico, mas também na qualidade do ensino”, prometeu o governador. A obra foi orçada em R$ 7,3 milhões com verbas dos governos estadual e federal.

Com capacidade para até 540 alunos, o espaço conta com três pavimentos que dispõem, entre outros, de salas e laboratórios climatizados, quadra poliesportiva e refeitório onde serão oferecidas três refeições diárias. Além de conforto, a nova escola traz também esperança.

[FOTO2]Johnny Lima, 16, está no 1º ano do ensino médio e, pra evitar ficar em casa no contraturno escolar, pediu à mãe para matrícula-lo na instituição. “Tenho o foco de terminar os meus estudos e aprendo se eu estiver estudando direto”, explica o estudante que sonha ser policial. Já Thiago Alves,16, que sonha projeta cursar Medicina, explica que a mãe optou por colocá-lo na escola de tempo integral como forma de afastá-lo da criminalidade.

No dia 1º de fevereiro, Camilo lançou a expansão do programa de ensino em tempo integral para o Ensino Médio da rede estadual. Em evento na sede da Secretaria de Educação do Ceará (Seduc), o governador anunciou que 40 escolas da Capital e do interior passariam a oferecer a modalidade já no ano letivo de 2018. O programa começou em 2016 com 26 unidades e ganhou mais 45 em 2017.

Deverão ser inaugurados, no Conjunto Ceará, um centro de educação infantil, no próximo maio, e uma escola de ensino fundamental em tempo integral, até agosto, garantiu o prefeito Roberto Cláudio. “Esse tipo de investimento, concentrado no bairro, ofertando tempo integral do ensino infantil até o ensino médio, com certeza vai produzir uma geração de jovens cidadãos mais conscientes e também com mais oportunidade de acessar o ensino superior”, visualiza o prefeito.

Ventilação

O Conjunto Ceará conta com nove escolas estaduais, sendo três de tempo integral, reunindo 6.116  estudantes, segundo a Seduc. O bairro também possui 11 equipamentos de educação municipal, dos quais sete são de ensino fundamental, atendendo 4.346 alunos, e quatro de educação infantil, que atendem 606 crianças, informou a Secretaria Municipal de Educação.

A rede estadual de ensino possui 722 escolas, das quais 168 estão em Fortaleza. Ao todo são 450 mil estudantes atendidos, sendo mais 110 mil na Capital, de acordo com a Seduc.
TAGS