PUBLICIDADE
Notícias

Único preso por chacina do Benfica confessou participação em 4 dos 7 homicídios

Em depoimento à Polícia Civil, Douglas Matias da Silva confessou, "com riqueza de detalhes", participação em homicídios ocorridos nas proximidades da sede da TUF, na Vila Demétrio

11:50 | 22/03/2018
NULL
NULL

[FOTO1] 

Único suspeito preso até agora pela Chacina do Benfica, Douglas Matias da Silva confessou, “com riqueza de detalhes”, participação em quatro dos sete homicídios ocorridos em 9 de março no entorno da sede da Torcida Uniformizada do Fortaleza (TUF), na Vila Demétrio, e na Praça da Gentilândia.

[SAIBAMAIS]Em depoimento à Polícia Civil, Douglas admitiu ter tido participação nos assassinatos de Carlos Victor Meneses Barros, Adenilton Silva Ferreira, Pedro Braga Barroso e Emilson Bandeira de Melo Júnior, todos mortos no entorno da sede da TUF.

 

O acusado nega, no entanto, ter participado do ataque realizado na Praça da Gentilândia, que deixou outros três mortos e dois feridos em estado grave. Ele integraria, segundo a investigação, equipe que realizou ataques usando um Fiat Punto da cor branca, um dos dois veículos que teriam participado da chacina. 

No depoimento, realizado na última terça-feira, 20, Douglas ainda admitiu ter cometido o crime com outros dois comparsas. Segundo a Polícia Civil, os outros suspeitos seriam Francisco Elisson Chaves de Souza e Stefferson Mateus Rodrigues Fernandes.

Mais informações em instantes 

TAGS