PUBLICIDADE
Fortaleza
Ataques

Ônibus são incendiados em Fortaleza na noite deste sábado

Pelo menos sete veículos foram atacados em Fortaleza e Região Metropolitana. Três pessoas foram presas

19:50 | 24/03/2018
Atalizada às 22h15min 
 
Ônibus incendiado na Praça Coração de Jesus
(Foto: Julio Caesar / O POVO)
Pelo menos sete ataques a ônibus foram registrados em Fortaleza na noite deste sábado, 24. O Corpo de Bombeiros confirmou um veículo incendiado na av. Presidente Castelo Branco, conhecida como Leste-Oeste, no bairro Moura Brasil, e outros dois na Praça Coração de Jesus, no Centro. Um coletivo na rua G do bairro Vila Velha também foi incendiado. Três pessoas foram presas.

O POVO Online apurou que pessoas subiram no coletivo que faz a linha complementar 752 - Caça e Pesca / Centro, na av. Leste Oeste, por volta das 19 horas, e jogaram gasolina no veículo.

Às 19h20min, passageiros que embarcavam em um ônibus na Praça Coração de Jesus foram ordenados a descer. Os criminosos jogaram gasolina e atearam fogo no veículo. Outro ônibus estava parado ao lado e foi atingido. O Corpo de Bombeiros confirmou que um ônibus teve perda total e outra parcial.

Outro atentado na rua Padre Mororó, no Centro, foi frustrado pela Polícia Militar. Houve tentativa também em Caucaia, no bairro Conjunto Metropolitano, mas o veículo não chegou a ser incendiado.

Toda a frota de ônibus da Capital está sendo recolhida, seguindo decisão do Sindicato das Empresas (Sindiônibus). 

A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), localizada na av. Expedicionários, no bairro Montese, foi atacada a tiros nesta noite. Em nota, a Etufor informa que o sistema de transporte coletivo de Fortaleza terá esquema especial de funcionamento durante a noite deste sábado e a madrugada do domingo, com operação de linhas que possam atender a população usuária do sistema de ônibus urbanos da Capital.

"Diante dos fatos ocorridos, com ataques e atos de vandalismo, os veículos irão circular em comboios com acompanhamento de viaturas da Policia Militar e Guarda Municipal", diz a nota.

Com os ônibus recolhidos, passageiros que aguardavam as linhas nesta noite nos terminais da capital buscam outras formas de voltar para casa. No Terminal da Messejana, o policiamento foi reforçado. 

Atentados na Capital
 
A 2ª Cia do 8º Batalhão da Polícia Militar, no Meireles, também foi atacada. O POVO Online apurou que, assim como na Etufor, houve rajada de tiros no local, mas não atingiu paredes ou janelas. 

Duas torres de telefonia, no bairro Jardim Iracema e outro na av. Maestro Lisboa, também foram incendiadas. Houve ainda duas manifestações com queima de pneus nas avenidas Cel Carvalho e Mozart Lucena, nos bairros Vila Velha e Quintino Cunha, respectivamente. 
 
Outros atentados foram registrados nos últimos dois dias. Na última quinta-feira, 22, criminosos tentaram invadir um prédio dos Correios, no bairro Antônio Bezerra. Sem sucesso, eles deixaram cartas espalhada pela rua Góis Monteiro em que fazem ameaças terroristas ao Governo do Estado.

Na madrugada deste sábado, a sede da Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus) do Ceará, no Centro, também foi atacada. Por volta das 1h30min, homens dispararam contra o prédio na Aldeota, trocaram tiros com a Polícia e três morreram. Foram apreendidas com eles armas e uma granada.

O que diz a SSPDS

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) diz que a cúpula da Segurança Pública e representantes da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) e do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) se reunem para traçar ações para a segurança dos veículos, trabalhadores e passageiros. 

"Em todas as ocorrências, composições do Corpo de Bombeiros do Estado do Ceará (CBMCE) atuaram para combater os incêndios. A Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) ficará responsável pelas investigações", diz a pasta em nota. 

 

RUBENS RODRIGUES