PUBLICIDADE
Notícias

Desarticulada quadrilha suspeita de ao menos 20 assaltos a bancos e carros-fortes

Com prisão de três integrantes e morte de mais um, o grupo foi desmantelado nesta semana. O quarteto era especializado em roubo a bancos no Ceará, suspeitos de recentes ataques a agências em Ibaretama, Banabuiú e Madalena

22:28 | 16/02/2018
Suspeitos de pelo menos 15 assaltos a bancos e cinco a carros-fortes no Ceará, três homens foram presos em flagrante, entre quarta-feira, 14, e quinta-feira, 15. Outro homem foi morto em confronto com a Polícia. A relação entre o quarteto foi explicitada nesta sexta-feira, 16, em coletiva da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado (SSPDS).
 
 
José Alberto da Silva Lima, 25; Francisco Herbert (Betinho) Melo da Silva, 23; e Francisco Willame Macário Hilário Júnior, 23, foram presos após informações repassadas anonimamente à Polícia.
 
De acordo com o delegado-adjunto da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Osmar Berto, o grupo desmantelado, apesar de ter sede em Quixadá, distante 170 km da Capital, também seria envolvido em roubos a bancos das regiões Norte e Centro-Oeste. Demais membros da quadrilha são procurados pela Polícia.
 
[SAIBAMAIS] 
 
Com eles, dois automóveis Volkswagen Saveiro e Chevrolet Montana, e armamento de grosso calibre, como um fuzil russo calibre 7.62 e outro dois, de origem americana, calibre 5.56, além de centenas de munições, balaclava, coletes balísticos e mais de 12 kg de explosivos que seriam usados em ações do grupo criminoso.

Morte
Francisco Alexandre Rabelo Barreto, 24 anos, conhecido como Lorão, foi morto em confronto com o Cotar, na localidade de Barra do Sitiá, em Banabuiú, distante 216,6 km de Fortaleza. 

"Ele decidiu efetuar disparos contra a equipe do Cotar, que revidou à altura e cessou a agressão", explicou o titular da SSPDS, André Costa. O homem foi ainda levado ao hospital pelos militares mas não resistiu aos ferimentos.

Contra Alexandre, existia mandado de prisão em aberto, que respondia a três homicídios, porte ilegal de arma, tentativa de homicídio, roubo e receptação.

Pistola 9mm foi apreendido em poder dele, junto a 47 munições do mesmo calibre e camionete Toyota Hilux. O material foi apresentado na Delegacia Regional de Quixadá.

Operação
Policiais do Comando Tático Rural (Cotar) e do Batalhão de Polícia de Choque detiveram José Alberto em flagrante, com um revólver calibre 38. Ele estava numa residência de Vila Rica, zona rural de Quixadá.

Já em Umaizeiras, também zona rural de Quixadá, Betinho foi detido e apontou a localização do armamento. Willame foi preso na sede do município. O trio foi levado à Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), em Fortaleza. 

Eles foram autuados por formação de quadrilha, porte ilegal de arma de fogo, munições e explosivos de uso restrito.
 
TAGS