PUBLICIDADE
Notícias

Malas de passageiros em voo da Avianca não chegam a Fortaleza

Passageiros alegam falta de informação precisa por parte da companhia

12:02 | 08/02/2018
passageiros preenchendo reclamações
passageiros preenchendo reclamações
[FOTO1]
Atualizada às 14:01min
Pelo menos 50 bagagens vindas de São Paulo não chegaram a Fortaleza em voo da Avianca que aterrissou no Aeroporto Internacional Pinto Martins às 9h40min desta quinta-feira, 8. É o que denunciam passageiros, que alegam não estarem recebendo as devidas orientações da companhia aérea. Em contato com O POVO Online, a companhia afirmou que a bagagem não foi extraviada e está a caminho de Fortaleza em outro avião. Segundo informou a assessoria, as bagagens não embarcaram no mesmo voo que os passageiros devido a manifestação de trabalhadores no aeroporto de Guarulhos (SP).

A Promotora do Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon), Ann Celly Sampaio Cavalcante, se encontrava no local para fazer ações de orientação e se deparou com a situação. "Em torno de 45 pessoas tiveram suas bagagens extraviadas. À priori, a empresa pecou pela falta de informação e orientação clara e precisa aos passageiros", afirmou.

Ann Celly diz que a Avianca poderia ter orientado os clientes a seguirem seus destinos e garantir que vão mandar as bagagens para onde eles estiverem.
[SAIBAMAIS]
Inês Restiffe, empresária paulista, estava no voo e veio a Fortaleza atender um cliente. "Vou atender um cliente amanhã e ia tirar o dia de hoje para me preparar melhor, só que não vou poder. Vou atrás de bagagem, roupa etc.". Ela criticou o posicionamento da companhia. "A gente não entende ser tratado com um 'nada'. A empresa em momento algum veio nos esclarecer o que aconteceu de fato". 

A empresária, como outros passageiros, estava preenchendo reclamação no guichê do Decon. 

 
Com informações do repórter Raone Saraiva 
TAGS