includeMenuHeader(); echo $q->appendJs("online/geral/js/libs/facebook.api.js"); ?>
PUBLICIDADE
Fortaleza


Prefeitura lança aplicativo para otimizar trânsito em casos de acidente sem vítimas

O aplicativo está disponível de forma gratuita nas lojas online de celulares, tanto para Android como para iOS

23:10 | 04/01/2018
NULL
NULL(Foto: )

[FOTO1]

O aplicativo AMC Móvel foi lançado no Paço Municipal na manhã desta quarta-feira, 4. A novidade reúne os serviços na área de trânsito, gerenciados pela Autarquia Municipal de Trânsito Municipal e Cidania (AMC). O principal intuito do aplicativo é localizar acidentes sem vítimas para garantir maior velocidade no trânsito. A informação é do site da Prefeitura de Fortaleza.

O superintendente da AMC, Arcelino Lima, diz que a função "Bateu" possibilita o cadastro imediato de ocorrências de trânsito sem vítimas. Para ele, a ferramenta é uma facilitadora tanto de quem está envolvido no acidente, uma vez que o indivíduo não irá aguardar o boletim de ocorrência ser feito pelos agentes de trânsito, como para quem irá passar pela localidade, visto que o trânsito voltará ao normal com mais velocidade. Além desta ferramenta, os usuários terão acesso a outros serviços da AMC.

O secretário executivo da Conservação e Serviços Públicos, Luiz Alberto Sabóia, informa que o Juizado Móvel segue com as atividades da mesma forma, marcando audiência para solucionar o caso. Ele diz ainda que o boletim eletrônico feito via aplicativo tem o mesmo valor do que é preenchido pelo agente de trânsito.

O aplicativo está disponível de forma gratuita nas lojas online de celulares, tanto para Android como para iOS. Depois de realizar o download, o usuário precisa preencher o passo a passo do procedimento. Quando estiver envolvido em um acidente sem vítima, o motorista deverá informar sobre a ocorrência em um breve relato e fotografar a batida.

O procedimento continua o mesmo para acidentes com vítimas ou com maior gravidade, a exemplo de indícios de uso de álcool. Neste caso, a AMC deve ser procurada para que os agentes de trânsito compareçam ao local.   

 

Redação O POVO Online

TAGS