PUBLICIDADE
Fortaleza
Messejana

Perícia apreende 10 munições e faca em ônibus; mulher morta voltava da escola em que trabalhava

Divisão de Homicídios informou que vai solicitar imagens do circuito de segurança do ônibus

20:46 | 11/01/2018

FOTO: Mateus Dantas/O POVO

Após o crime que resultou em duas pessoas mortas dentro do coletivo que faz a linha Antônio Bezerra/Messejana, na tarde desta quinta-feira, 11, a Perícia Forense do Ceará (Pefoce) e a Divisão de Homicídios (DHPP) apreenderam uma faca com o homem que pulou a catraca. Mais de 10 munições foram recolhidas no veículo.

A informação repassada pelo delegado Alex Murador é de que a vítima pulou a catraca do veículo, na avenida Frei Cirilo, nas proximidades do Hospital de Messejana, onde os disparos começaram. A passageira Alexandra Assunção dos Santos, de 34 anos, foi atingida na cabeça.

FOTO: Mateus Dantas

O autor dos disparos fugiu e o homem morreu no local. A Polícia contou que o motorista do veículo e o cobrador levaram a mulher ainda com vida ao hospital, no próprio coletivo, no entanto ela não resistiu aos ferimentos.

O POVO apurou com familiares de Alexandra que a vítima seria supervisora no Centro Educacional da Juventude Padre João Piamarta, localizado na avenida Aguanambi, em Fortaleza. Ela voltava do trabalho no coletivo quando foi baleada. Alexandra era casada e morava em Itaitinga.

JéSSIKA SISNANDO