Multidão comemora virada do ano no Aterro da Praia de IracemaNotícias de Fortaleza
PUBLICIDADE
Notícias


Multidão comemora virada do ano no Aterro da Praia de Iracema

Mais de 10 atrações animaram a multidão da Capital. A esperada queima de fogos foi a maior do Brasil, com 18 minutos

03:10 | 01/01/2018
NULL
NULL

[FOTO1]Uma multidão de pessoas fez, em uníssono, a tradicional contagem regressiva da virada do ano no Aterro da Praia de Iracema, em Fortaleza. A festa animada por mais de dez atrações iniciou com o sol se despedindo de 2017, às 17 horas, e está prevista para se encerrar com o primeiro sol de 2018. 

 Não há, ainda, número oficial de quantas pessoas participaram da festa. Em cima do palco, os cantores se referiam a "mais de um milhão de pessoas", mas a quantidade deve ser ainda maior, levando em conta que público se dividia entre a areia do Aterro, as ruas dos arredores e as sacadas de hoteis e apartamentos da orla.  


 Quem queria ficar perto do palco teve de chegar cedo. Foi o caso da artesã Zira Sousa, que foi com toda a família para a festa pela segunda vez. Como no primeiro ano não conseguiu curtir tao bem as atrações, dessa vez chegou às 16 horas. "Valeu a pena Para mim, foi o melhor réveillon porque conseguiu chegar perto", comemora. "Até agora, o que (show) mais gostei foi do (Wesley) Safadão, mas espero ficar até o fim para amanhecer o dia na praia".

Atrações

Gustavo Serpa, Felipe Adjafre e Fábio Carneirinho abriram os shows, sendo seguidos por Marcos Lessa. O cantor Luan Santana, que já tem cadeira cativa no réveillon da Capital cearense, subiu no palco cedo, por volta nas 19h20min.


O DJ Alok, que não cobrou cachê para animar a multidão, veio em seguida, abrindo espaço para a atração mais cara do show: Wesley Safadão. O forrozeiro apostou em novos hits e tirou selfies com fãs em cima do palco. De lá, ele seguiu para a festa do Marina Park, com público estimado de 5,5 milhões de pessoas.


Xand Avião foi o último a cantar antes da queima de fogos. Ele misturou músicas do novo repertório com as já consagradas do Aviões do Forró, banda que dividia com Solange Almeida. Quem comandou a queima de fogos foi o ator e humorista Tirullipa. No momento da virada, poucos abraços e muitas selfies e câmeras voltadas para o céu.


Simone e Simaria, Capital Inicial, Selvagens à Procura da Lei e Chico Pessoa tocam em seguida. Quem encerra a festa são os blocos Luxo d’Aldeia e Unidos da Cachorra, prenunciando que, em menos de dois meses, as ruas se enchem e se pintam novamente para o carnaval.

Redação O POVO Online

TAGS