PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Caso Stefhani: Polícia colhe imagens de câmeras para auxiliar nas investigações

A Lagoa da Libânia já possui histórico de ser usada para o abandono de corpos

09:35 | 03/01/2018
NULL
NULL(Foto: )

[FOTO1]A Polícia colheu imagens de câmeras de circuito de segurança nos estabelecimentos comerciais e residências nas proximidades da Lagoa Libânia, no Mondubim, onde foi abandonado o corpo de Stefhani Brito, de 22 anos.

A família aponta o ex-companheiro de Stefhani como o autor do crime, pois ele teria ligado para uma irmã afirmando que havia agredido a vítima e deixado nas proximidades do Sítio Córrego. Os moradores ficaram assustados, pois o homem permaneceu transitando na área com a jovem morta na garupa da motocicleta.

Nas proximidades do local do crime muitas residências e estabelecimentos comerciais possuem câmeras de segurança. Uma fonte relatou ao O POVO que a Polícia manteve contato no dia do crime e no dia seguinte colheu as imagens. Conforme moradores da área, na Lagoa Libânia é comum casos de corpos deixados no local, mas nunca souberam de um caso com vítima do sexo feminino.

 

 

Jéssika Sisnando

TAGS