PUBLICIDADE
Notícias

Megaoperação contra facção criminosa é deflagrada no Ceará

Policiais civis e militares faziam parte da organização, informou o Ministério Público

12:27 | 14/12/2017
A Operação Saratoga, que investiga a atuação de uma das maiores facções criminosas do Brasil, de origem paulista e em atuação no Ceará há alguns anos, foi deflagrada nesta quinta-feira, 14, em conjunto pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) e a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). 
 
Segundo o MPCE, policiais civis e militares faziam parte da organização criminosa. O órgão não informou o nome da facção e a quantidade de policiais envolvidos. 
 
Do início da apuração, em maio de 2015, foram realizadas prisões em flagrante de 53 investigados e apreensão de 19 armas de fogo de diversos calibres, cerca de 60 kg de cocaína, 200 kg de maconha e 8 kg de crack. 
 
Os acusados são denunciados pelos crimes de integrar organização criminosa armada, tráfico de drogas, associação para o tráfico, dentre outros. As penas variam de 45 até 503 anos de prisão, de acordo com a participação, a hierarquia dentro da organização e a quantidade de crimes praticados. 
 
A investigação é mais proveitosa e abrangente contra uma organização criminosa realizada pelo Estado, informou o MPCE. 
 
Redação O POVO Online
TAGS