PUBLICIDADE
Notícias

Dupla suspeita de arrombar agência bancária na Aldeota é presa

Ao tentar fugir, os suspeitos deixaram para trás duas mochilas, uma chave de fenda, um pé de cabra com rosca e um maçarico com botijão e cilindro

19:18 | 12/12/2017

Dois homens suspeitos foram presos suspeitos de arrombar caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil, da avenida Heráclito Graça, no bairro Aldeota, na manhã desta terça-feira, 12. A fuga da dupla foi frustrada por policiais militares. Todo o material utilizado na ação criminosa foi apreendido pelos agentes de segurança e levado para a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF).

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), uma viatura do Policiamento Ostensivo Geral (POG) da Polícia Militar foi enviada para o local da ocorrência onde os suspeitos, encapuzados e usando maçaricos, estavam violando o terminal da agência bancária. No momento em que os policiais militares chegaram, os homens empreenderam fuga, deixando para trás duas mochilas, uma chave de fenda, um pé de cabra com rosca e um maçarico com botijão e cilindro. Após perseguição, a dupla foi alcançada e presa.

Foram presos: Antônio Sarney Ferreira Araújo, 32 anos, com passagens por homicídio doloso, crime contra a incolumidade pública, posse ilegal de arma de fogo, receptação e crime contra a fé pública; e Guilherme Gebrim de Souza, 42 anos, natural de São Paulo, e sem antecedentes no Ceará. Mas responde a crimes semelhantes no Distrito Federal e em Goiás a crimes semelhantes no Distrito Federal e em Goiás.

Conforme relato da equipe policial, outros dois comparsas que davam apoio à fuga da dupla conseguiram fugir. Na Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Sarney e Guilherme foram autuados por furto qualificado. A especializada investiga o envolvimento deles em outras ações criminosas ocorridas na Capital.

Redação O POVO Online

TAGS