PUBLICIDADE
Notícias

Dono de casa de forró é morto no Jangurussu

Polícia Civil não confirmou boatos de que Damásio seria entusiasta de uma facção e teria morrido ao entrar em território dominado por grupo rival

13:57 | 17/11/2017

O dono do estabelecimento "Forró do Damásio", Damásio de Sousa, 42 anos, foi assassinado a tiros na última segunda-feira, no bairro Jangurussu. A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que, por meio, Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), prossegue com as investigações sobre o crime.

Equipes da DHPP e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) fizeram os primeiros levantamentos no local do crime. Em nota, a SSPDS informou que Damásio já havia sido preso e possuía cinco antecedentes criminais, sendo dois deles por tráfico de drogas, outro por associação para o tráfico e os demais por porte ilegal de arma de fogo e crime ambiental.

A Polícia Civil não confirmou boatos de que Damásio seria entusiasta de uma facção e teria morrido ao entrar em território dominado por grupo rival. A Damásio Produções publicou nota, no Facebook, lamentando a morte.

[VIDEO1] 

Redação O POVO Online

TAGS