PUBLICIDADE
Notícias

Multidão lota o aterro da Praia de Iracema para ver padre Reginaldo Manzotti

O festival católico reúne missas, shows musicais e orações neste sábado, 21. O momento será encerrado com show de evangelização do padre Reginaldo Manzotti

21:22 | 21/10/2017
Fieis no Aterro da Praia de Iracema
Fieis no Aterro da Praia de Iracema
[FOTO1]Uma multidão de seguidores da fé católica cobre o aterro da Praia de Iracema, em Fortaleza, na tarde deste sábado, 21, para acompanhar a décima edição do festival Evangelizar é Preciso. Instigado pela presença do padre Reginaldo Manzotti, o público se concentra na avenida Historiador Raimundo Girão, entre a avenida Rui Barbosa e a rua Idelfonso Albano — trecho bloqueado para o trânsito de veículos até o fim do evento, por volta de 22 horas.

Para a Irmã Kelly Patrícia, que cantou no festival durante a tarde, o Evangelizar cumpre seu papel. “A evangelização consiste em levar a palavra de Deus”, explicou a freira. Sobre o público, ela disse que tem percebido pessoas cada vez mais “sedentas de Deus”. “E Deus se dá. Ele diz: ‘batei e a porta será aberta’”.

Sentada à calçada do Ideal Clube e agarrada ao terço, a costureira Regina da Silva Pereira, 53, se apresentava como um dos exemplos de católicos entregues à religião. “Sempre venho”, comentou ela, sem parar de murmurar trechos do Terço das Santas Chagas. “A gente tem que ter muita fé em Deus, né? E esse padre (Manzotti) é uma benção”, completou.

O carisma, a espiritualidade e o profetismo do padre Reginaldo Manzotti são, no entender do padre Vicente Gomes de Oliveira — reitor do Seminário Propedêutico e representante da Arquidiocese de Fortaleza no evento —, características que justificam milhares de fiéis viajarem de todos os cantos do Ceará e de outros estados brasileiros para comparecer ao Evangelizar é Preciso, na Capital. “Quantas pessoas são atingidas através da televisão, do rádio!”, celebrou. E continuou: “Chegam até nós testemunhos de graças recebidas por conta da fé que se tornou mais evidente pelo trabalho do padre Reginaldo”.

Até 22 horas, a programação do Evangelizar continua na Praia de Iracema. O encerramento do evento conta com adoração ao Santíssimo Sacramento e show de evangelização com o padre Reginaldo Manzotti.
[FOTO2]
Preces 

Ana Suely Silva Rodrigues, 40, veio numa caravana de Canindé a Fortaleza pedir a Deus que sua mãe melhore de uma depressão. Também, aproveitou para ganhar dinheiro com a venda de artefatos religiosos e ouvir, de perto, o discurso do padre Reginaldo. “Quando ele (o padre) chegar, guardo tudo aqui e vou ver ele!”, revelou, animada, a mulher. Segundo ela, sua mãe apresentou melhora já no momento em que soube que a filha estaria perto de Manzotti. “Ele é diferente pra mim. Gosto da maneira como ele se expressa”.

O metalúrgico aposentado Sebastião Carlos Mussulino, 54, foi pela primeira vez ao Evangelizar agradecer a graça alcançada pelas orações junto ao padre Reginaldo. Por oito anos, ele narrou, “andei com duas muletas por causa de um acidente que sofri. Aí fiz com o padre a novena de Nossa Senhora Aparecida, que sou muito devoto, e larguei as duas muletas”. Sentado perto do palco, ele mostrou que, hoje, consegue caminhar com apenas uma bengala. “Sofri o acidente em 2003. Fiz fisioterapia, quatro cirurgias…”, lembrou, assegurando que a melhora só veio depois da novena.
 
 
TAGS