PUBLICIDADE
Notícias

Trio é capturado por latrocínio de bancário em Fortaleza

Jorge Costa Ferreira foi morto em julho último após ser baleado em assalto

20:20 | 19/09/2017
Duas pessoas foram presas pela morte do bancário e sindicalista Jorge Costa Ferreira, de 57 anos, vítima de latrocínio em julho último, no Centro de Fortaleza. Foram presos Francisco Bruno de Sousa Pacheco, 24 (sem antecedentes criminais), e Matheus Santana Soares de Oliveira, 22, que já responde por roubo - além de um adolecente apreendido. Conhecido como Jorginho, o bancário foi baleado durante assalto e chegou a ser conduzido ao Instituto Doutor José Frota (IJF), mas não resistiu aos ferimentos.
 
De acordo com a Secretaria da SegurançaPública e Defesa Social (SSPDS), uma quarta pessoa envolvida no crime, identificado como José Robson Soares de Oliveira, é procurada pela Polícia Civil, que investiga o caso por meio da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Bruno e Matheus foram presos, respectivamente, nos bairros Rodolfo Teófilo e Parque Araxá. Com o objetivo de levar o carro de Jorginho, o assalto aconteceu na rua Padre Mororó, na Área Integrada de Segurança 4 (AIS 4), no dia 19 de julho.

Conforme o diretor da DHPP, delegado Leonardo Barreto, Bruno, Matheus e o suspeito ainda foragido foram autuados pelos crimes de latrocínio e corrupção de menores. O adolescente foi autuado em procedimento policial pelo roubo seguido de morte. "Destacamos que o trabalho policial, diante de um crime covarde, representa uma resposta positiva da Polícia Civil e vem a contribuir com o sentimento de justiça não só por parte da categoria dos bancários, mas de toda a sociedade cearense".
 
Populares podem colaborar com as investigações com informações que possam indicar o paradeiro de José Robson pelo número 181, ou (85) 3257-4807, da DHPP. Quem preferir se omunicar por Whatsapp com a Divisão pode entrar em contato pelo número (85) 99111-7498. A Polícia garante o sigilo das fontes.
 
Redação O POVO Online
TAGS