PUBLICIDADE
Notícias

Pós-graduações da UFC têm nota máxima no padrão internacional da Capes

Esta é a primeira vez que a UFC obtém essa pontuação na avaliação; cursos de Física, Matemática e Engenharia Civil: Recursos Hídricos obtiveram nota 7 em uma escala que vai de 3 a 7

14:00 | 20/09/2017
NULL
NULL
[FOTO1]Três programas da Universidade Federal do Ceará (UFC) obtiveram nota máxima na avaliação quadrienal da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). A conquista garantiu o título de instituição do Norte e Nordeste do País com mais cursos de pós-graduação no padrão internacional, seguida das Universidade Federais de Pernambuco (UFPE) e Bahia (UFBA).
 
[SAIBAMAIS]Os dados foram divulgados nesta terça-feira, 20. Esta é a primeira vez que a UFC tem nota máxima na Capes. Os cursos de Física, Matemática e Engenharia Civil: Recursos Hídricos obtiveram nota 7 em uma escala que vai de 3 a 7.
 
Outros sete cursos alcançaram nota 6. São eles: Farmacologia e Ciências Médicas, Geografia, Química, Engenharia de Teleinformática, Engenharia Química e Enfermagem.  Além deles, 15 cursos atingiram nota 5. Outros indicadores foram apresentados durante coletiva de imprensa, na reitoria da universidade, nesta manhã.  
 
Para o pró-reitor de Pesquisa e Pós Graduação, professor Antonio Gomes de Souza Filho, a classificação é um importante avanço. “Interessante é que, exatamente há 10 anos, a UFC comemorava o ingresso de dois programas: Física e Farmacologia no grupo de elite dos programas de referência internacional com conceito 6”, destaca. “Em menos de uma década o número de cursos com nota 6 passou para sete”, conclui. 
 
Critérios 
 
Para alcançar pontuação entre os conceitos 3 e 7, é levado em consideração fatores como produção científica do corpo docente e discente, estrutura curricular do curso e infraestrutura de pesquisa da instituição.  
 
Nos parâmetros da Capes, a nota 5 é para cursos de excelência em nível nacional e as notas 6 e 7 correspondem a cursos de qualidade internacional. Já a nota mínima (3), é atribuída aos cursos novos no momento de sua implantação. 
 
 
Redação O POVO Online com Informações do repórter Igor Cavalcante  
TAGS